CRIME BRUTAL

Indignado, Emicida protesta contra assassinato de menino por policiais no Rio

Thiago Menezes Flausino, de 13 anos, foi baleado por PMs durante uma operação na comunidade da Cidade de Deus

Emicida protestou.Créditos: Fernando Schlaepfer/Divulgação
Escrito en DIREITOS el

O rapper Emicida usou as redes sociais para protestar com veemência contra o assassinato do menino Thiago Menezes Flausino, de 13 anos, por integrantes da Polícia Militar (PM), na Cidade de Deus, Rio de Janeiro. O jovem foi baleado por policiais do Batalhão de Choque durante uma operação na comunidade.

“Como se não bastasse o estado brasileiro assassinar uma criança de 13 anos. A sociedade brasileira obriga uma mãe que está atravessando a maior dor que uma mãe pode enfrentar, a interromper seu luto para defender a honra do filho. Dizer em vão, para uma horda de carniceiros, sensacionalistas e todo tipo de desgraçado que a realidade pode produzir, que seu filho era inocente. Não basta matar uma vez, tem que humilhar covardemente os que sobrevivem. Se alimentar de suas lágrimas até que não sobre absolutamente nada além do vazio. Não é um país, nunca esteve no plano ser um país, é uma máquina de moer pobre”, declarou Emicida.

Uma manifestação em homenagem ao jovem morto foi convocada pelo jornal Voz das Comunidades, que denunciou o despreparo dos policiais. Porém, o ato pacífico foi reprimido pelos agentes, que utilizaram spray de pimenta para dispersar os manifestantes.

Ajude a financiar o documentário da Fórum Filmes sobre os atos golpistas de 8 de janeiro. Clique em http://benfeitoria.com/apoieAto18 e escolha o valor que puder ou faça uma doação pela nossa chave: pix@revistaforum.com.br.

Vítima não tinha envolvimento com tráfico, diz Renê Silva

Segundo informações de Renê Silva, fundador da Voz das Comunidades, Thiago não tinha nenhum envolvimento com o tráfico e foi assassinado na ação violenta da PM fluminense.

"Moradores disseram que policiais chegaram atirando, levando o adolescente a morte. Antes que comecem a falar besteira nas redes sociais, Thiago NÃO TINHA NENHUM envolvimento com tráfico de drogas", escreveu.

Em nota, a PM disse que equipes do Batalhão de Choque realizavam policiamento quando, na esquina da Estrada Marechal Miguel Salazar com Rua Geremias, “dois homens em uma motocicleta atiraram contra a guarnição”. “Após confronto, um adolescente foi encontrado atingido e não resistiu aos ferimentos”.