Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de março de 2019, 22h50

Com ajuda de Suplicy e Júlio Lancelotti, indígenas conquistam vitória após protesto em SP

Prefeito Bruno Covas declarou que é a favor das reivindicações e se comprometeu a receber as lideranças na próxima semana

Foto: Divulgação

Com a intermediação do vereador Eduardo Suplicy (PT) e do padre Júlio Lancelotti, os indígenas da etnia guarani conseguiram uma vitória importante. Eles protestavam desde esta quarta-feira (27), na prefeitura de São Paulo, contra cortes na Saúde.

O grupo tentava ser recebido pelo prefeito Bruno Covas (PSDB). Por volta das 16h50, após negociações por telefone, Suplicy e Lancellotti entraram no prédio junto com representantes das seis aldeias para tentar um diálogo com Covas.

O grupo se reuniu com integrantes da Secretaria Municipal da Casa Civil. Ao final do dia, o prefeito de São Paulo se colocou à disposição para receber as lideranças na próxima semana, desde que a frente do prédio da prefeitura fosse desocupada.

Covas disse, ainda, que apoia as reivindicações dos indígenas, pois não faz sentido municipalizar um serviço especializado que já é bem prestado a uma parcela específica da população pelo Governo Federal.

Sesai

Também no final do dia, o Ministério da Saúde selou acordo de manutenção da secretaria especial de saúde indígena (Sesai), uma reivindicação dos povos indígenas.

A decisão foi tomada em encontro com Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde, e lideranças dos povos indígenas de todas as regiões do país, em Brasília.

Entre os acordos firmados estão a criação de um grupo de trabalho para discutir a melhoria e avanços na assistência à saúde indígena e a fiscalização dos recursos.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum