Criticada por dizer que as pessoas “gostam” de morar na rua, Bia Doria diz que fala foi tirada do contexto

"Tenho a consciência tranquila", afirmou a primeira-dama de São Paulo em uma nota de "esclarecimento"

Após chocar internautas e ser alvo de críticas por ter dito que as pessoas que moram na rua “gostam” da situação, a primeira-dama do estado de São Paulo, Bia Doria, publicou em seu Instagram uma nota de “esclarecimento” em que afirma que sua fala foi retirada de contexto.

“Infelizmente tiraram do contexto uma frase dita por mim em um vídeo que está na internet. O que quis dizer é que se conseguirmos convencer as pessoas que vivem nas ruas a irem para os abrigos públicos, onde terão alimentação de qualidade dentro das normas de higiene da vigilância sanitária, traremos mais qualidade de vida para elas”, escreveu a esposa de João Doria (PSDB), que é presidente do Fundo Social de São Paulo.

Na nota, a primeira-dama pediu desculpas se a maneira como falou “deu a entender que não devemos amparar quem vive em vulnerabilidade”. “Tenho a consciência tranquila”, completou.

https://www.instagram.com/p/CCMHqP9gzQZ/

Entenda

Em um vídeo que circula nas redes sociais, Bia Doria, junto com a socialite Val Marchiori, afirma que “Não é correto chegar na pessoa que está na rua e dar marmita, porque a pessoa tem que se conscientizar que ela tem que sair da rua”.

“A rua hoje é um atrativo, as pessoas gostam de ficar na rua”, disparou a primeira-dama, sendo endossada pela socialite.

Assista aqui.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR