Fórumcast, o podcast da Fórum
10 de dezembro de 2018, 21h17

Dilma Rousseff, via Twitter: Se aqui houvesse direitos humanos, Lula não estaria preso

Ex-presidenta fez postagens denunciando inúmeros fatos ocorridos no Brasil, que são incompatíveis com os direitos humanos

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

No dia em que a Declaração Universal dos Direitos Humanos completa 70 anos, a ex-presidenta Dilma Rousseff usou sua conta no Twitter para denunciar inúmeros fatos ocorridos no Brasil, que são incompatíveis com o respeito ao cidadão. Acompanhem a série de tuítes:

“Adotada pela ONU em 10 de dezembro de 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) faz 70 anos hoje. Continua atual, continua necessária e, infelizmente, continua sendo desrespeitada, inclusive no Brasil”.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

“Se a Declaração Universal dos Direitos Humanos fosse obedecida, o maior líder popular do nosso país, Lula, não estaria preso e isolado há quase oito meses, sem culpa provada e em desrespeito a uma determinação da ONU, apenas para ser afastado da eleição, da política, da sua cidadania e da sua família”.

“Se a DUDH fosse respeitada, capangas encapuzados não teriam assassinado a tiros dois militantes do MST, há dois dias, num acampamento de trabalhadores sem-terra no interior da Paraíba”.

“Se a DUDH fosse cumprida, o presidente que assume dia 1º não teria anunciado que vai tratar o MST e o MTST como grupos terroristas, e nem teria dito isto: ‘Àqueles que me questionam se eu quero que mate esses vagabundos, eu quero, sim”’.

“Se a DUDH fosse acatada, Temer não teria permitido que, no ano passado, 1,7 milhão de brasileiros voltassem à pobreza extrema, retrocesso que deve levar o Brasil de volta ao Mapa da Fome da ONU, do qual havia sido retirado no meu governo”.

“Se a DUDH fosse seguida, o assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes não teria ocorrido e não estaria completando 9 meses sem que seus autores e mandantes tenham sido presos. Por tudo isto, a adoção da Declaração Universal dos Direitos Humanos ainda depende da nossa luta”.


Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum