Dono da RedeTV ataca direito à greve: “Lamentável herança de Getúlio Vargas”

Marcelo de Carvalho acha que os funcionários de sua emissora não podem protestar por estarem há 4 anos sem qualquer reajuste ou abono

O bolsonarista Marcelo de Carvalho, dono da RedeTV, usou as redes sociais para atacar o direito à greve, previsto na Constituição Federal em seu artigo 9º.

Através das redes sociais, o empresário citou o ex-presidente Getúlio Vargas, patrono da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), para dar a entender que os funcionários de sua emissora não podem protestar por melhores condições de trabalho. Os trabalhadores deflagraram greve nesta segunda-feira (30).

“Lamentável herança de Getúlio Vargas, punhado de sindicalistas dizendo representar nossos milhares de funcionários declara estado de greve. Como todos sabem, emissoras demitiram até artistas ícones nacionais na pandemia. Ao contrário, a RedeTV não demitiu ninguém, contratou”, escreveu Carvalho.

Inúmeros usuários do Twitter rebaterem as críticas do dono da RedeTV. “Escravidão nao existe mais! Os sindicatos são um dos poucos direitos trabalhistas ainda restantes. É o que impede que chefes autoritários e egoístas abusem do poder! Mas claro, vc se orgulha de não se importar”, escreveu, por exemplo, o internauta Marcio Santana.

Greve de funcionários da RedeTV

Funcionários da RedeTV, todos registrados como radialistas, mas que na verdade desempenham funções de operadores de câmera, operadores de vídeo, produtores, editores de imagem, advogados, trabalhadores de recursos humanos, secretários, secretárias, copeiras, faxineiras, seguranças e até professores, decidiram entrar em greve nesta segunda-feira (30).

Uma assembleia em frente à emissora reunir os profissionais nesta segunda-feira (30), sob orientação do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão no Estado de São Paulo, quando foi aprovada greve por tempo indeterminado.

Há quatro anos os trabalhadores vinculados aos radialistas não têm qualquer reajuste ou abono. Os salários, entre os menores do mercado, estão corroídos pela alta de preços. A inflação oficial, medida no período de maio de 2017 a abril de 2021, é de 18,72%. Se contar a forte aceleração do índice nos últimos quatro meses, o aumento no custo de vida é ainda maior.

Durante oito meses do ano passado, os empregados da empresa tiveram os salários reduzidos em 25% por meio do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda do governo federal. A RedeTV usou o programa do governo mesmo com as demonstrações notórias e públicas de ganhos publicitários nos últimos três anos.

Publicidade

Nesse período, além dos sorteios de prêmios que ajudam a manter a receita da RedeTV, a emissora fechou contratos milionários com a Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Petrobras, Ministério da Saúde, Ministério da Educação, governo do estado de São Paulo e outras importantes instituições públicas. A RedeTV também recebeu investimentos milionários do Bradesco, Itaú, Facebook, Ultrafarma, Vivo, Casas Bahia, Sky Pré-Pago, Bigtrail e Cartão de Todos. Tem ainda os merchants e os horários vendidos a igrejas neopentecostais.

Saiba mais aqui.

Publicidade

Notícias relacionadas

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR