O que o brasileiro pensa?
26 de junho de 2020, 13h08

Empresa estampa rosto de escrava em cerveja que custa R$ 40 a lata

Denúncia foi feita por designer gráfica que já havia trabalhado com a imagem

Foto: Divulgação

A denúncia é da designer gráfica e colorista digital, Marina Amaral, nesta sexta-feira (26), em sua conta do Twitter. De acordo com a artista, uma foto de uma escrava feita por Alberto Henschel, que foi posteriormente colorizada por ela, foi usada pela cervejaria Dogma em imagem ilustrativa de um dos seus produtos, a cerveja Cafuza, cuja lata custa R$ 40.

“Vocês se lembram dessa foto tirada pelo Alberto Henschel que eu restaurei e colorizei? Pois é, alguém achou que seria uma boa ideia transformar o rosto dessa mulher escravizada, violentada, explorada e subjugada em imagem ilustrativa de lata de cerveja”, escreveu Marina.

Marina compartilhou ainda o texto de apresentação da cerveja: “A Cafuza Imperial India Black Ale reflete a miscigenação brasileira em sua receita, assim como os cafuzos resultaram da mistura entre índios e negros, nossa cerveja nasce da mistura entre uma Imperial India Pale Ale com maltes escuros de uma Stout”, e comentou: “mas vá pra merda”.

Após a denúncia, a cervejaria foi muito criticada pelos internautas. Em resposta a uma internauta, o perfil da cervejaria escreveu que o rótulo foi desenvolvido “há muito tempo atrás (sic)” e que “no início desse ano após uma reavaliação da nossa linha decidimos retirar a cafuza da nossa linha fixa (sic)”.

A cervejaria afirmou ainda que a informação de que se tratava de uma mulher escravizada “chegou recentemente pra nós, mas a decisão de retirar essa cerveja da nossa linha já havia sido tomada”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum