Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de dezembro de 2019, 16h55

Estudante acusado de racismo é proibido de entrar no prédio onde ocorreu o fato

Segundo a universidade, o estudante também foi suspenso da residência universitária localizada na cidade de São Félix, vizinha a Cachoeira

Danilo Araújo Gois foi expulso da sala após ato de racismo contra professora na UFRB (Reprodução)

Foi expedida uma medida cautelar, nesta sexta-feira (13), visando o afastamento preventivo do estudante Danilo Araújo de Góis, acusado de racismo das dependências físicas do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), onde ocorreu o caso.

A informação foi divulgada em nota nesta sexta-feira (13) pela instituição de ensino. A instituição destacou, entretanto, que Danilo Araújo de Góis não terá prejuízo em suas atividades acadêmicas porque o curso regular de Ciências Sociais não tem aulas no CAHL. A matéria que ele fazia no local era optativa.

Segundo a universidade, o estudante também foi suspenso da residência universitária localizada na cidade de São Félix, vizinha a Cachoeira. Uma comissão interna foi formada para investigar se houve descumprimento de normas referente à moradia estudantil.

O comunicado da UFRB diz ainda que Danilo não tomou ciência do documento que impede a entrada nele no CAHL porque não foi localizado pela instituição.

Com informações do G1

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum