quinta-feira, 22 out 2020
Publicidade

“Eu odeio a raça negra”: Mulher destila racismo em agência bancária na Paraíba

Mulher não se intimidou com as pessoas ao seu redor filmando a cena e ainda disse, orgulhosa: "Sou a maior racista do planeta Terra"; assista

Uma mulher de 47 anos causou confusão, na tarde desta quarta-feira (14), em uma agência do Banco do Brasil em João Pessoa (PB), ao atacar as pessoas que estavam no local com ofensas racistas. A Polícia Militar foi acionada e ela foi conduzida a uma delegacia, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência por injúria racial.

Clientes do banco filmaram a cena mas, mesmo assim, a mulher não se intimidou, e assumiu, de maneira orgulhosa, que é “a maior racista do planeta Terra”. Ela ainda disse o próprio nome, que seria Luzia Sandra de Medeiros Dias Benjamin.

“Não se aproxime. Não tenho nenhuma palavra a trocar com negro nenhum. Pode filmar, eu Luiza Sandra de Medeiros Dias Benjamin, sou a maior racista do planeta Terra. Odeio a raça negra. Vocês são bandidos, ladrões”, disparava a mulher, enquanto ainda dizia que hoje a humanidade está “de focinheira na cara”, em referência às máscaras de proteção contra o coronavírus.

“Uma viatura fazia rondas na orla da capital paraibana quando foi chamada por pessoas que estavam na agência do Banco do Brasil, onde uma mulher de 47 anos estava ‘totalmente descontrolada querendo agredir todos que estavam no local e agredindo verbalmente pessoas com palavras de injúria e racismo”, escreveu a Policia Militar da Paraíba em nota.

A Polícia Civil, por sua vez, não informou qual foi o encaminhamento do caso depois que a mulher foi conduzida a uma delegacia.

Assista.

Ivan Longo
Ivan Longo
Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.