Fórumcast, o podcast da Fórum
14 de maio de 2019, 11h37

Filho de Maurício de Souza: “que a postagem sirva para enxergarem homossexualidade de maneira natural”

Mauro Souza, filho do criador da "Turma da Mônica", Maurício de Souza, foi parar nos Trend Topics logo após o seu pai postar foto dele com o namorado, Rafael Piccin

Foto: Fcebook

Mauro Souza, filho do criador da “Turma da Mônica”, Maurício de Souza, foi parar nos Trend Topics na última segunda-feira (13), logo após o seu pai postar foto dele com o namorado, Rafael Piccin. Em entrevista ao Extra, Mauro disse que se surpreendeu com a grande repercussão do caso.

Além disso, o diretor e produtor geral da Mauricio de Sousa Ao Vivo, afirmou sobre a relação da sua família com a sua orientação sexual, que o pai “sempre foi muito cabeça aberta e aceitou bem desde o começo. Nunca sofri preconceitos da família. Sou um gay muito privilegiado”.

Mauro afirmou também desejar que a foto postada pelo pai, um formador de opinião, sirva de “exemplo para outras famílias enxergarem” a homossexualidade “de uma maneira muito mais natural, respeitosa e amorosa”.

Mauro, que foi a inspiração do pai para a criação do personagem Nimbus, conta que revelou sua homossexualidade para a família aos 18 anos e que o desenhista reagiu muito bem quando soube.

“Contei primeiro para minha mãe, que disse que me amava e que me aceitava do jeito que eu era. Foi simplesmente o dia mais feliz da minha vida. Depois ela contou para o meu pai, que reagiu da mesma forma”, lembra.

Mauro conta ainda que vai dirigir a maior produção musical-circense da história da Maurício de Sousa Produções, que vai abordar um tema extremamente relevante para o momento: a diversidade cultural. O espetáculo, que vai se chamar “Circo Turma da Mônica – BRASILIS”, será, segundo ele, para toda a família. “E para todas as famílias também”, encerra.

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum