Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de março de 2018, 17h45

Finalista do concurso Miss Rio Grande do Sul é alvo de ataques racistas, mas não se intimida

Representante da cidade de Tramandaí, Samen dos Santos, foi vítima de postagens preconceituosas: “Muita gente ‘confunde’ opinião e liberdade de expressão com discurso de ódio”

Foto: Divulgação

A representante de Tramandaí no concurso de Miss Rio Grande do Sul, Samen dos Santos, foi vítima de ataques racistas na rede social. Segundo o site Donna, a modelo se manifestou por meio do Instagram, repudiando os ataques e comentários preconceituosos e disse que está tomando as devidas providências.

Um dos posts preconceituosos dizia que ela “não representa a mulher gaúcha (que) é branca e linda, não negra”. Outro: “Ela também não representa a beleza da mulher brasileira. Ela representa a África”. Mais um: “Falam que ela é linda só porque é negra e no Brasil (país afrocentrista) é quase uma obrigação achar que os negros são lindos sendo que a grande maioria deles são feios pra c…”.

A jovem de 26 anos destacou ter bloqueado os perfis responsáveis pelos ataques e excluiu os comentários. “Eu consigo me blindar contra tudo de negativo que envolve o meu nome, simplesmente ignorando. Foram anos ouvindo e lendo os mais diversos absurdos, que acabei me tornando mais forte”, escreveu no Instagram.

Acompanhe a íntegra da resposta de Samen:

“Quem me conhece há algum tempo sabe o quanto eu sou avessa às polêmicas, mas me sinto na obrigação de esclarecer algumas coisas.

Alguns de vocês devem saber que eu tenho uma trajetória em concursos e atualmente estou participando do Miss Rio Grande do Sul. Até então tudo bem.

Nessas disputas, nós, as candidatas, estamos suscetíveis aos mais diversos comentários, e é aí que reside o problema.
Particularmente, eu consigo me blindar contra tudo de negativo que envolve o meu nome, simplesmente ignorando. Foram anos ouvindo e lendo os mais diversos absurdos, que acabei me tornando mais forte.

Mas decidi expor essa situação em razão das pessoas que gostam de mim e que se ofenderam muito com algo que foi comentado no meu Instagram.

Gente, eu não tenho a pretensão que todos gostem de mim ou que torçam para que eu seja a nova Miss Rio Grande do Sul. Eu estou disputando com meninas belíssimas e sei que todas têm os seus méritos e também as suas torcidas, sendo natural que cada um tenha a sua candidata preferida. O que não pode existir é a perversidade contra qualquer concorrente.

Eu tenho notado que muita gente “confunde” opinião e a liberdade de expressão com discurso de ódio, destilando assim toda a sua raiva, preconceito, hostilidade e ofensas contra terceiros, mas isso está muito errado.

Para essas pessoas, saibam que a atenção que ganharão de mim será somente essa, já que depois de printar eu sempre bloqueio e não dou atenção. Eu só espero que saibam que a utilização do fake pode esconder o nome e o rosto, mas não o IP. Digo isso porque as medidas necessárias já estão sendo tomadas.

Ah, e peço desculpas pelo textão, mas eu quis esclarecer que a razão de eu bloquear essas pessoas é a intolerância e o preconceito, e não por simplesmente não torcerem por mim”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum