#Fórumcast, o podcast da Fórum
25 de outubro de 2019, 10h58

Luisa Mell é acusada de intolerância religiosa por afirmar que cadela atropelada teria sido amputada em ritual

A atriz e ativista da causa animal foi parar nos trend topics após ser desmentida por uma veterinária

Reprodução/Instagram

A atriz e ativista da causa animal, Luisa Mell, foi parar nos trend topics do Twitter, na manhã desta sexta-feira (25), após ser desmentida por uma veterinária. Luisa afirmou que uma cadela havia perdido as patas em ritual religioso quando na verdade foi em decorrência de atropelamento.

Mell escreveu, nesta quinta-feira, nas suas redes: “Não tenho palavras, só choro. Em nome de uma religião, de uma crença, em um ritual, esse filhotinho teve as duas patinhas de trás e as orelhas cortadas, lentamente. Conseguimos fazer seu resgate antes de seu ‘sacrifício final’ e ele está conosco agora”.

A veterinária, que teve o nome apagado nos posts, chamou a ativista de sensacionalista e afirmou que a fêmea já estava na clínica para ser tratada de um atropelamento e a tutora do animal, por falta de recursos, pediu ajuda. Uma funcionária da própria clínica indicou a atriz. “Não foi um resgate seu. Foi uma ajuda sua”, escreveu a veterinária.

Foto: Reprodução

Por conta da postagem, com milhares de curtidas e compartilhamentos, a atriz passou a ser chamada por internautas de racista, desonesta e preconceituosa, por incriminar religiões de matriz afro-brasileira em sacrifícios de animais.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum