O que o brasileiro pensa?
19 de julho de 2019, 20h44

MTST faz protesto em hamburgueria que usou violência contra mulher como marketing

“Dialogamos com o público, apresentamos três relatos de mulheres que sofrem esse tipo de agressão e uma carta do movimento repudiando a violência como marketing e como piada”, relatou Natalia Szermeta, da coordenação nacional do MTST

Fotos: Divulgação/MTST

Um grupo de mulheres do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) promoveu, na noite desta sexta-feira (19), um protesto contra uma “brincadeira” promovida pela hamburgueria Underdog, que se localiza em São Paulo.

“Na última semana, a hamburgueria publicou um vídeo no qual a chefe de cozinha aparecia com o olho roxo após apanhar por ter salgado de mais o alimento. Por isso o escracho de hoje. A violência contra a mulher não é uma piada!”, postou Guilherme Boulos no Twitter.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Natalia Szermeta, da coordenação nacional do MTST, explicou o que motivou o protesto:

“Nossa atividade de hoje foi uma intervenção na hamburgueria. Entramos com umas 30 mulheres do MTST, dialogamos com o público que estava lá, apresentamos três relatos de mulheres que sofrem esse tipo de agressão e uma carta do movimento repudiando a violência como marketing e como piada. A peça de propaganda deles é um estímulo à violência contra a mulher”, relatou.

A “brincadeira” começou no sábado (13), quando a hamburgueria publicou um vídeo no qual mostra um cliente reclamando que a comida estava muito salgada. O dono do local vai até a cozinha e “espanca” a chefe.

Em seguida, foi postada uma segunda gravação, com a chefe de cozinha trabalhando de olho roxo.

Veja abaixo a carta lida pelas mulheres do MTST:

Somente em 2018, 13 mil mulheres trabalhadoras afirmam ter sofrido algum tipo de violência no trabalho;

A cada 9 minutos uma mulher é vítima de agressão sexual;

A cada hora 536 mulheres são vítimas de violência física;

A cada dia 3 mulheres são vítimas de feminicídio.

Estamos aqui hoje porque violência não é marketing!

Violência não é piada!

A violência contra a mulher é crime!

Se você não é mulher, ou se é mulher e nunca sofreu violência tenha empatia por centenas de mulheres que amanhecem com o olho roxo.

Tenha respeito pelas milhares de famílias que choram por suas mulheres violentadas e assassinadas todos os dias neste país!

Repudiamos o marketing que utiliza a violência que nos atinge

Respeitem a nossa dor! Nosso olho roxo não é brincadeira!

Respeitem as mulheres que sofrem violência no trabalho!

Patrão que bate em empregado comete crime!

Homem que bate em mulher comete crime!

Sua “sátira” naturaliza esses crimes e faz apologia à violência que atinge as mulheres em seus lares, nos espaços públicos e de trabalho!

Lutamos pelo fim da violência contra a mulher

Lutamos por igualdade de direitos

Lutamos por dignidade!

Somos humanas, somos mulheres trabalhadoras e merecemos respeito!

Não mexam com nosso formigueiro!


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum