Fórum Educação
28 de abril de 2020, 17h40

Ocupações no RS denunciam falta d’água em meio à pandemia da Covid

"A água é um bem fundamental para a vida, ainda mais neste período de coronavírus", diz Julio Cesar, do Movimento Nacional de Luta por Moradia (MNLM)

Ocupação Bela Vista, em Passo Fundo | Reprodução/Facebook

Moradores de ocupações na cidade de Passo Fundo (RS), segunda do Rio Grande do Sul com mais casos confirmados de novo coronavírus, tem feito sucessivos apelos à Prefeitura e ao Governo do Estado com o objetivo de conseguir garantir o fornecimento de água, cortado pela companhia responsável, a Corsan.

Com fornecimento de água cortado em razão de uma disputa judicial contra a empresa, as mais de 50 ocupações da cidade tem reforçado o coro pelo direito à água, um bem ainda mais essencial durante uma crise sanitária como a do novo coronavírus.

“A água é um bem fundamental para a vida, ainda mais neste período de coronavírus. O que as pessoas estão querendo é apenas o acesso à água. Também solicitamos à Prefeitura para que ligasse a água. Todos nós do MNLM, juntamente com a Defensoria Pública e a Comissão de Direitos Humanos, estamos lutando para que se coloque água para atender essas famílias”, disse Julio Cesar, coordenador do Movimento Nacional de Luta por Moradia (MNLM), ao jornalista Marco Weissheimer, do portal Sul 21.

Em razão da situação das famílias, que não tem água para beber ou se higienizar, a Comissão dos Direitos Humanos de Passo Fundo emitiu nota solicitando que sejam adotadas medidas de urgência para garantir o fornecimento aos moradores.

“A CDHPF recebeu pedidos específicos e concretos da população residente nas ocupações Zachia 4, Bela Vista e Vista Alegre. Nestas três ocupações residem aproximadamente 2 mil pessoas. Se apenas 10% dessa população for contaminada pela Covid-19, serão 200 pessoas. Dessas, 20 vão necessitar de tratamento intensivo, sendo que não haverá estrutura hospitalar para todas”, diz trecho do documento.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags