Imprensa livre e independente
14 de junho de 2019, 08h50

Diretor que viu carreira desabar após apoiar Bolsonaro é convidado pelo governo “para reconstruir a cultura nacional”

Na mesma postagem em que comemora o convite, o diretor compartilha manchete da Fórum: “essa chamada abaixo da Revista Fórum é uma mostra asquerosa desse combate...”

Foto: Edson Kumasaka/ Divulgação
O choro do diretor de teatro Roberto Alvim, aquele que viu sua carreira desabar por ter apoiado a campanha do presidente Jair Bolsonaro, parece ter dado certo. O diretor anunciou, através de sua conta do Facebook, nesta quinta-feira (13) que recebeu uma ligação do presidente Jair Bolsonaro. “Darei em breve mais notícias sobre as coisas BELAS e IMENSAS que essa conversa vai gerar!”, exclamou, sem revelar do que se tratava. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo Na manhã desta sexta-feira, Alvim avisou em outra postagem que foi chamado por Osmar...

O choro do diretor de teatro Roberto Alvim, aquele que viu sua carreira desabar por ter apoiado a campanha do presidente Jair Bolsonaro, parece ter dado certo. O diretor anunciou, através de sua conta do Facebook, nesta quinta-feira (13) que recebeu uma ligação do presidente Jair Bolsonaro.

“Darei em breve mais notícias sobre as coisas BELAS e IMENSAS que essa conversa vai gerar!”, exclamou, sem revelar do que se tratava.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Na manhã desta sexta-feira, Alvim avisou em outra postagem que foi chamado por Osmar Terra, ministro da Cidadania, cujo ministério encampou o ministério da Cultura, que foi extinto por Bolsonaro: “estou indo pra Brasília semana que vem pra começarmos a organização de algo que pretende reconstruir a cultura nacional”.

Na mesma postagem, o diretor compartilha manchete da Fórum sobre o assunto de maneira crítica: “essa chamada abaixo da Revista Fórum é uma mostra asquerosa desse combate…”.

Veja também:  Será que uma revolução político-social é possível no Brasil?

O diretor conta, em entrevista, que era de esquerda, amigo de Chico Buarque, entre outros e, depois que resolveu apoiar Bolsonaro, afirma que a classe teatral lhe deu as costas.

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum