Imprensa livre e independente
19 de maio de 2019, 21h25

Dois alunos do Colégio Bandeirantes fazem sinal de Lula Livre ao lado de Bolsonaro

Uma foto, escondida pela direção da escola, mostra dois alunos fazendo o sinal de Lula Livre ao lado de Bolsonaro. Além disso, outras quatro alunas não quiseram sair na foto-felicidade e retiraram-se, chorando, segundo a reportagem.

Alunos do Colégio Bandeirantes com Bolsonaro (Reprodução/Jornalistas Livres)
Reportagem de Laura Capriglione e Lina Marinelli, publicada no site dos Jornalistas Livres neste domingo (19), mostra que as críticas feitas por alunos do Colégio Bandeirantes a Jair Bolsonaro sobre os atos de estudantes do dia 15 de maio não foram unanimidade. Uma foto, escondida pela direção da escola, mostra dois alunos fazendo o sinal de Lula Livre ao lado de Bolsonaro. Além disso, outras quatro alunas não quiseram sair na foto-felicidade e retiraram-se, chorando, segundo a reportagem. Na tarde deste sábado (18), Bolsonaro perguntou aos alunos do colégio, que estiveram na portaria do Palácio da Alvorada, em Brasília o...

Reportagem de Laura Capriglione e Lina Marinelli, publicada no site dos Jornalistas Livres neste domingo (19), mostra que as críticas feitas por alunos do Colégio Bandeirantes a Jair Bolsonaro sobre os atos de estudantes do dia 15 de maio não foram unanimidade.

Uma foto, escondida pela direção da escola, mostra dois alunos fazendo o sinal de Lula Livre ao lado de Bolsonaro. Além disso, outras quatro alunas não quiseram sair na foto-felicidade e retiraram-se, chorando, segundo a reportagem.

Na tarde deste sábado (18), Bolsonaro perguntou aos alunos do colégio, que estiveram na portaria do Palácio da Alvorada, em Brasília o que eles acharam dos atos convocados por “este movimento do pessoalzinho aí que eu cortei verba”.

“Um lixo. A gente é estudante de verdade. A gente estuda”, respondeu um dos alunos da escola particular, que, segundo dados coletados pelo Datafolha em 2017, tem mensalidade de mais de R$ 3 mil. Hoje, a mensalidade chega a R$ 4 mil, segundo os Jornalistas Livres.

Veja também:  Zélia Duncan sobre Bolsonaro: “Jesus mirou quem mesmo com uma arma?”

Leia a reportagem completa

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum