Imprensa livre e independente
18 de junho de 2019, 15h24

Dono do carro de luxo que arrastou idosa se apresenta na delegacia

Marina Izidoro, de 73 anos, estava trabalhando próximo a uma festa junina, no Distrito Federal, quando uma Mercedes-Benz encostou e o motorista pediu um balão; ao negar produto de graça, um dos passageiros puxou os balões que estavam amarrados ao braço da idosa, que acabou sendo arrastada pelo carro

(Foto: TV Globo/Reprodução)
Nesta terça-feira (18), Willian Weslei Lelis Vieira, dono da Mercedes-Benz Cla 45 AMG automática, de cor branca, se apresentou na 12ª Delegacia de Polícia de Taguatinga para depor sobre o caso Marina. Segundo testemunhas, este foi o carro que arrastou a idosa vendedora de balões, na noite do último sábado (15). Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo Marina Izidoro de Morais, de 73 anos, vendedora de balões, estava trabalhando próximo a uma festa junina na cidade de Taguatinga, no Distrito Federal, quando uma Mercedes-Benz encostou e o motorista pediu...

Nesta terça-feira (18), Willian Weslei Lelis Vieira, dono da Mercedes-Benz Cla 45 AMG automática, de cor branca, se apresentou na 12ª Delegacia de Polícia de Taguatinga para depor sobre o caso Marina. Segundo testemunhas, este foi o carro que arrastou a idosa vendedora de balões, na noite do último sábado (15).

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Marina Izidoro de Morais, de 73 anos, vendedora de balões, estava trabalhando próximo a uma festa junina na cidade de Taguatinga, no Distrito Federal, quando uma Mercedes-Benz encostou e o motorista pediu um balão. Ao negar produto de graça, um dos passageiros puxou os balões que estavam amarrados ao braço da idosa, que acabou sendo arrastada pelo carro e somente parou quando as bexigas se soltaram.

Leia também: Vendedora de balões de 73 anos é arrastada por carro de luxo

O caso de Marina Izidoro gerou grande repercussão e, como forma de ajuda, uma vaquinha virtual foi criada para auxiliar a moradora de Taguatinga. As doações já ultrapassam a casa dos R$ 25 mil.

Veja também:  Site que investiga boatos desmonta fake news do "Pavão Misterioso"

Segundo o delegado Paulo Henrique Alves de Almeida, que investiga o caso, ainda não se sabe se o dono do veículo que atingiu a vendedora é o motorista que estava ao volante. Almeida, no entanto, explicou que trabalha com a hipótese de até três crimes: lesão corporal de trânsito; lesão corporal com a intensão de praticar um crime e tentativa de homicídio. A passageira que estava no carro deve responder como co-autora.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum