Imprensa livre e independente
24 de agosto de 2017, 14h26

Doutora em direito público detona denúncia do MPF e sentença de Moro que condenou Lula

Em um vídeo didático, a advogada Liana Cirne Lins destrincha cada um dos pontos da denúncia do MPF contra o ex-presidente Lula e aponta ainda trechos que literalmente inocentam o petista; sentença de Moro, por sua vez, sequer se baseia no objeto da ação. Assista  Por Redação  A doutora em Direito Público e professora de Direito Liana Cirne Lins gravou um vídeo, divulgado pela Mídia Ninja esta semana, em que detona a denúncia do Ministério Público Federal e a sentença do juiz Sérgio Moro que condenou o ex-presidente Lula em primeira instância. De maneira didática, a advogada expõe inúmeras inconsistências...

Em um vídeo didático, a advogada Liana Cirne Lins destrincha cada um dos pontos da denúncia do MPF contra o ex-presidente Lula e aponta ainda trechos que literalmente inocentam o petista; sentença de Moro, por sua vez, sequer se baseia no objeto da ação. Assista 

Por Redação 

A doutora em Direito Público e professora de Direito Liana Cirne Lins gravou um vídeo, divulgado pela Mídia Ninja esta semana, em que detona a denúncia do Ministério Público Federal e a sentença do juiz Sérgio Moro que condenou o ex-presidente Lula em primeira instância.

De maneira didática, a advogada expõe inúmeras inconsistências mostrando trechos da denúncia – muitos deles, inclusive, inocentam o petista.

O vídeo é esclarecedor para quem quer entender em que a denúncia está baseada e onde estão as arbitrariedades do juiz Moro ao condenar Lula.

Assista.

Veja também:  Bruno Covas e a mobilidade urbana | Parte 1

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum