Imprensa livre e independente
01 de julho de 2019, 20h51

“É desesperador, onde vai parar?”, questiona Nando Reis sobre governo Bolsonaro

O músico está atento ao momento do país: “A política está presente na minha música, é uma necessidade vital. Estamos vivendo um tremendo de um retrocesso, principalmente com a educação e meio ambiente em ameaça”

Foto: Divulgação
O músico Nando Reis, pela primeira vez, se manifestou sobre o governo de Jair Bolsonaro. E não poupou críticas. O artista está viajando o Brasil com a turnê “Esse Amor Sem Preconceito” e aproveitou o nome para criticar o presidente. Em relação ao título da turnê, Nando conta: “É uma escolha, uma afirmação, que vai na contramão à discussão atual e preocupante que cerca o país liderado por um presidente preconceituoso. Há pouquíssimos dias, a homofobia foi criminalizada, em um país onde há uma grande população LGBT vítima de violência todos os dias”, analisa. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative...

O músico Nando Reis, pela primeira vez, se manifestou sobre o governo de Jair Bolsonaro. E não poupou críticas. O artista está viajando o Brasil com a turnê “Esse Amor Sem Preconceito” e aproveitou o nome para criticar o presidente.

Em relação ao título da turnê, Nando conta: “É uma escolha, uma afirmação, que vai na contramão à discussão atual e preocupante que cerca o país liderado por um presidente preconceituoso. Há pouquíssimos dias, a homofobia foi criminalizada, em um país onde há uma grande população LGBT vítima de violência todos os dias”, analisa.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

“Sou atento e combatente na defesa de direitos básicos, na liberdade individual e na luta de pautas como a descriminalização do aborto. A política está presente na minha música, é uma necessidade vital. Estamos vivendo um tremendo de um retrocesso, principalmente com a educação e meio ambiente em ameaça. É desesperador, onde vai parar? Eu apelo a Deus até”, acrescentou, em entrevista ao Diário de Pernambuco. divulgada no sábado (29).

Veja também:  Movimento negro denuncia Bolsonaro à Comissão de Direitos Humanos da OEA

Show

Durante o show, Nando apresenta canções do novo álbum, o 13º de sua carreira – “Nâo sou nenhum Roberto” – e sucessos de sua trejetória, como O segundo sol, Luz dos olhos, Relicário e All star.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum