Imprensa livre e independente
17 de janeiro de 2019, 21h20

É fake foto que mostra comitiva do PSL na China com banner de líderes comunistas ao fundo

A bancada do PSL foi até a china comunista para conhecer o sistema de monitoramento e reconhecimento facial em locais públicos do país

Foto fake circula nas redes sociais (Reprodução)
Começou a circular nas redes sociais, grupos de Whatsapp e aplicativos de mensagens, nesta quinta-feira (17), uma imagem que mostra a bancada do PSL na China com uma grande foto de líderes comunistas ao fundo. O banner em questão retrata uma imagem clássica do comunismo: Mao Tsé-Tung de perfil ao lado de outros líderes como Stalin, Lenin e até o filósofo Karl Marx. A imagem rapidamente viralizou pelo fato de o PSL, partido de Bolsonaro, ser a legenda mais anticomunista da atualidade. A foto, no entanto, é fake. A verdadeira foto da comitiva tem ao fundo um quadro chinês sem...

Começou a circular nas redes sociais, grupos de Whatsapp e aplicativos de mensagens, nesta quinta-feira (17), uma imagem que mostra a bancada do PSL na China com uma grande foto de líderes comunistas ao fundo. O banner em questão retrata uma imagem clássica do comunismo: Mao Tsé-Tung de perfil ao lado de outros líderes como Stalin, Lenin e até o filósofo Karl Marx.

A imagem rapidamente viralizou pelo fato de o PSL, partido de Bolsonaro, ser a legenda mais anticomunista da atualidade.

A foto, no entanto, é fake. A verdadeira foto da comitiva tem ao fundo um quadro chinês sem qualquer referência ao comunismo.

A foto original (Reprodução)

Os parlamentares viajaram para a China na última terça-feira (15) para conhecer o sistema de monitoramento e reconhecimento facial em locais públicos instalado pelo partido comunista do país. A ideia é importar o sistema para o Brasil.

Veja também:  Chefe do Comando Sul dos EUA visita o Cone Sul, com foco na Venezuela

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum