Petrobras anuncia aumento do preço da gasolina em 7%; diesel sobe 9%

Com isso, preço médio da gasolina vendido pela estatal passará de R$ 2,98 para R$ 3,19 por litro, e do diesel de R$ 3,06 para R$ 3,34 por litro. Reajuste havia sido antecipado pelo presidente Jair Bolsonaro

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (25) que aumentará mais uma vez os preços da gasolina e do diesel para as distribuidoras. Segundo comunicado da estatal, o reajuste começará a valer a partir de terça-feira (26).

Com isso, o preço médio de venda da gasolina vendido pela estatal passará de R$ 2,98 para R$ 3,19 por litro, refletindo reajuste médio de R$ 0,21 por litro (alta de 7,04%). Já o litro do diesel A passará de R$ 3,06 para R$ 3,34 por litro, refletindo reajuste médio de R$ 0,28 por litro (alta de 9,15%). 

O aumento havia sido antecipado pelo presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) neste domingo (24). Ao lado do presidente da Economia, Paulo Guedes, ele disse que não iria interferir na Petrobras.

“Alguns querem que a gente interfira no preço. A gente não vai interferir no preço de nada. Já foi feito no passado e não deu certo. Infelizmente, pelo número do preço do petróleo lá fora e do dólar aqui dentro, nos próximos dias, a partir de amanhã, infelizmente, teremos reajustes nos combustíveis”, declarou.

Notícias relacionadas

A última alta da gasolina havia sido no último dia 9, quando subiu 7,2%. Já o diesel teve aumento de 8,89% em 28 de setembro. O valor médio da gasolina nos postos chegou a R$ 6,36 o litro na semana passada, com o valor máximo chegando a R$ 7,46, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O óleo diesel, por sua vez, registrou preço médio de R$ 5,04 e máximo de R$ 6,42 o litro. O novo aumento deve desagradar ainda mais os caminhoneiros. Até pouco tempo aliados de primeira hora do presidente, eles anunciaram greve para o dia 1º de novembro.

Avatar de Carolina Fortes

Carolina Fortes

Repórter colaborativa no site Emerge Mag e antiga editora-assistente no site da Jovem Pan. Ex-repórter no site Elástica. Formada em jornalismo e faz a segunda graduação em Letras na Universidade de São Paulo (USP). Acredita no jornalismo como forma de impacto social e defende maior inclusão e representatividade.