Imprensa livre e independente
07 de julho de 2019, 11h57

Em audiência na Bahia, promotor constrange advogada: “Primeira vez com negão não dói”

Defensoria Pública do Estado emitiu nota de apoio à advogada Fernanda Nunes Morais da Silva que, de acordo com o órgão, foi alvo de violência de gênero cometida pelo promotor Ariomar José Figueiredo da Silva

Reprodução/Facebook
A advogada e defensora pública Fernanda Nunes Morais foi alvo, na última quinta-feira (4), de uma piada com teor machista feita por um promotor em plena audiência do Tribunal do Júri em Feira de Santana (BA). “A primeira vez com negão não dói. Fica tranquila”, disse o promotor Ariomar José Figueiredo da Silva, se referindo à defensora pública em sua saudação inicial, durante a abertura dos debates orais da sessão. No mesmo dia, Fernanda compartilhou em suas redes sociais uma nota oficial da Defensoria Pública da Bahia, que declarou apoio à advogada e repúdio ao comportamento do promotor, classificado pela entidade como...

A advogada e defensora pública Fernanda Nunes Morais foi alvo, na última quinta-feira (4), de uma piada com teor machista feita por um promotor em plena audiência do Tribunal do Júri em Feira de Santana (BA).

“A primeira vez com negão não dói. Fica tranquila”, disse o promotor Ariomar José Figueiredo da Silva, se referindo à defensora pública em sua saudação inicial, durante a abertura dos debates orais da sessão.

No mesmo dia, Fernanda compartilhou em suas redes sociais uma nota oficial da Defensoria Pública da Bahia, que declarou apoio à advogada e repúdio ao comportamento do promotor, classificado pela entidade como machista.

“Tal fala, redutora e sexualizadora da atuação pública e séria das partes, desrespeita a mulher e defensora Fernanda e reflete de forma clara a forte cultura machista que mancha nossa sociedade e insiste em tentar reduzir sistematicamente as mulheres a meros objetos sexuais”, diz trecho da nota.

Confira a íntegra.

Veja também:  Padre Marcelo é violentamente agredido em missa por mulher que invade palco

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum