Imprensa livre e independente
28 de abril de 2016, 09h59

Em discurso, deputado afirma que “mulheres de verdade” não querem ser empoderadas

Ao se colocar contra a criação da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara, Flavinho (PSB/SP) disse que, em vez de empoderamento, as mulheres querem ser "cuidadas". Ele afirmou ainda que as parlamentares feministas não sabem o que é ser "amadas". Assista ao vídeo.

Ao se colocar contra a criação da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara, Flavinho (PSB/SP) disse que, em vez de empoderamento, as mulheres querem ser “cuidadas”. Ele afirmou ainda que as parlamentares feministas não sabem o que é ser “amadas”. Assista ao vídeo Por Redação Depois de muita discussão, o plenário da Câmara Federal aprovou no final da noite de ontem (27), por 221 votos a favor, 167 contra e uma abstenção, a criação de duas novas comissões técnicas permanentes na Casa: Defesa dos Direitos da Mulher e de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa. Entre os que...

Ao se colocar contra a criação da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara, Flavinho (PSB/SP) disse que, em vez de empoderamento, as mulheres querem ser “cuidadas”. Ele afirmou ainda que as parlamentares feministas não sabem o que é ser “amadas”. Assista ao vídeo

Por Redação

Depois de muita discussão, o plenário da Câmara Federal aprovou no final da noite de ontem (27), por 221 votos a favor, 167 contra e uma abstenção, a criação de duas novas comissões técnicas permanentes na Casa: Defesa dos Direitos da Mulher e de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa.

Entre os que se colocaram contra o início das novas comissões, o deputado Flavinho (PSB/SP) fez um discurso que chamou a atenção pelo tom preconceituoso. “As mulheres que estão lá fora, que não são feministas, como muitas aqui, a mulher de verdade que está lá fora ralando para sobreviver não quer empoderamento. Ela quer ser amada. Ela quer ser cuidada”, afirmou sob protestos das deputadas presentes.

Veja também:  Deltan e Moro são cúmplices do esquema laranja de Flávio Bolsonaro

Flavinho ainda disse às parlamentares que elas não representam as brasileiras. “E não venham me dizer que nós, homens, não entendemos de mulher. Entendemos, sim. É que as senhoras, muitas vezes, não entendem o que é ser amadas e acham que essas mulheres não querem ser amadas como as senhoras. Respeitem as mulheres do Brasil que querem ser mães, que querem ser amadas”, enfatizou.

Assista à fala do deputado a partir de 1:47.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum