Imprensa livre e independente
08 de março de 2018, 12h34

Em homenagem ao Dia das Mulheres, Frida Kahlo vira Barbie

A Mattel lançou a linha ‘mulheres heroínas’, onde homenageia vários expoentes femininos. No Brasil, por enquanto, só será lançada a Frida Kahlo

Para comemorar o Dia Internacional das Mulheres, a fabricante Mattel, que faz a boneca Barbie, lançou uma coleção chamada Sheroes (um trocadilho em inglês com as palavras she [ela] e heroes [heróis]). Entre as várias celebridades femininas homenageadas estão a pintora mexicana Frida Kahlo e a física e cientista da NASA Katherine Johnson, bonecas que serão lançadas inicialmente. A Barbie Katherine Johnson. Foto: Divulgação Além das duas, a marca também homenageia Amelia Earhart, primeira aviadora e responsável por quebrar protocolos ao atravessar o Oceano Atlântico em 1928. No Brasil, até o momento apenas a boneca da Frida estará à venda, por R$ 249,99. A Barbie Katherine e Amelia devem chegar...

Para comemorar o Dia Internacional das Mulheres, a fabricante Mattel, que faz a boneca Barbie, lançou uma coleção chamada Sheroes (um trocadilho em inglês com as palavras she [ela] e heroes [heróis]). Entre as várias celebridades femininas homenageadas estão a pintora mexicana Frida Kahlo e a física e cientista da NASA Katherine Johnson, bonecas que serão lançadas inicialmente.

A Barbie Katherine Johnson. Foto: Divulgação

Além das duas, a marca também homenageia Amelia Earhart, primeira aviadora e responsável por quebrar protocolos ao atravessar o Oceano Atlântico em 1928.

No Brasil, até o momento apenas a boneca da Frida estará à venda, por R$ 249,99. A Barbie Katherine e Amelia devem chegar em breve.

Vice-presidente sênior e gerente geral da Mattel nos EUA, Lisa McKnight destacou a função empoderadora da linha. “As meninas sempre conseguiram desempenhar diferentes papéis e carreiras com a Barbie e estamos entusiasmados em trazer a luz os modelos de vida real para lembrá-las de que podem ser qualquer coisa”, afirmou.

Veja também:  Vaza Jato: Dallagnol queria dinheiro da 13ª Vara para "filme de terror" contra a corrupção

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum