Imprensa livre e independente
11 de julho de 2016, 18h54

Luiza Erundina oficializa a candidatura para a presidência da Câmara

A eleição vai ocorrer na próxima quarta-feira (6) e definirá quem vai ocupar a cadeira de presidente da Casa pelos próximos sete meses. Erundina disse que sua candidatura é a “candidatura do povo” e que quer colocar em pauta projetos como a Reforma Política e a Reforma Tributária e se contrapor ao atual modelo de ajuste fiscal Por Redação A deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP) lançou nesta segunda-feira (11) sua candidatura para a presidência da Câmara dos Deputados. A eleição vai ocorrer na próxima quarta-feira (13) e vai definir quem vai ocupar a cadeira de presidente da Casa pelos próximos...

A eleição vai ocorrer na próxima quarta-feira (6) e definirá quem vai ocupar a cadeira de presidente da Casa pelos próximos sete meses. Erundina disse que sua candidatura é a “candidatura do povo” e que quer colocar em pauta projetos como a Reforma Política e a Reforma Tributária e se contrapor ao atual modelo de ajuste fiscal

Por Redação

A deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP) lançou nesta segunda-feira (11) sua candidatura para a presidência da Câmara dos Deputados. A eleição vai ocorrer na próxima quarta-feira (13) e vai definir quem vai ocupar a cadeira de presidente da Casa pelos próximos sete meses.

A bancada do PSOL na Câmara convocou uma coletiva no Salão Verde para oficializar a candidatura de Erundina.

“Os dispositivos constitucionais que sustentam a democracia brasileira dizem que a Câmara dos Deputados é a “Casa do Povo” e lamentavelmente ela não vem agindo e se comportando e se relacionando com a sociedade de forma a confirmar essa realidade e esse conceito. O povo vêm sendo cerceado na sua liberdade de acesso a essa Casa e mais do que isso, vêm sendo uma Casa virada de costas para a sociedade”, disse a psolista.

Veja também:  Diogo Mainardi, do Antagonista, torce por prisão de hacker e fim da Vaza-Jato

Relembre: Em ato de insurgência a Cunha, Erundina se senta na cadeira de presidência da Câmara

Erundina afirmou que sua candidatura é a “candidatura do povo” e que quer colocar em pauta projetos como a Reforma Política e a Reforma Tributária e a se contrapor ao ajuste fiscal que está sendo proposto. A deputada ainda fez questão de dizer que não tem “rabo preso” nem com o presidente interino Waldir Maranhão (PP-MA) e nem o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

“A candidatura da Luiza Erundina é a candidatura de quem quer um Parlamento transparente, honesto e de quem quer a Câmara resgatada para a grande política”, disse o líder do PSOL na Câmara, deputado Chico Alencar (RJ).

De acordo o site da Câmara dos Deputados, além de Erundina, a presidência da Câmara será disputada por mais oito deputados de diferentes partidos.

Veja o discurso de Luiza Erundina:

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum