EFICIÊNCIA

Sem surpresas: Palmeiras é campeão brasileiro novamente

A equipe do português Abel Ferreira confirmou favoritismo na última rodada do Brasileirão e comemorou o segundo título consecutivo da competição

Endrick, a revelação palmeirense.Créditos: Cesar Greco/Palmeiras
Escrito en ESPORTE el

Como era de esperar, o Palmeiras ratificou sua condição de favorito na última rodada do Campeonato Brasileiro e conquistou o título de campeão.

O time orientado pelo técnico português Abel Ferreira emaptou com o Cruzeiro por 1 a 1, nesta quarta-feira (6), no Mineirão, em Belo Horizonte, e levantou seu segundo troféu nacional consecutivo. Os gols foram marcados pelo jovem Endrick, de apenas 17 anos, destaque e revelação do Verdão, e Nikão para os mineiros.

Não é à toa que, em dezembro de 2022, o Palmeiras e o Real Madrid anunciaram um acordo para a transferência de Endrick, avaliada em cerca de 70 milhões de euros, sendo a terceira maior venda da história do futebol brasileiro. O contrato, inicialmente válido até 2027, com opção de renovação, entrará em vigor apenas em julho de 2024, quando o jogador completar 18 anos.

Com mais essa conquista, o Palmeiras soma, agora, 12 títulos nacionais, levando em consideração competições que tinham outro nome, mas que assumiam o caráter interestadual.

O Verdão é o time com mais títulos no Campeonato Brasileiro, conquistados nos anos de 1960, 1967, 1967, 1969, 1972, 1973, 1993, 1994, 2016, 2018, 2022 e 2023.

A tristeza dos rebaixados

Três clubes começaram a última rodada com possibilidades de rebaixamento: Bahia, Vasco e Santos. E a alegria da torcida palmeirense contrastou com a frustração dos torcedores do Peixe. O triste fim para os santistas foi consequência dos resultados da noite desta quarta (6): Bahia 4 x 1 Atlético-MG, Vasco 2 x 1 Bragantino e Santos 1 x 2 Fortaleza. 

O Santos se juntou a América-MG, Coritiba e Goiás, que já tinham sido rebaixados antes da última rodada do Campeonato Brasileiro.