LIGA DAS NAÇÕES

Helena e Tainara são as novidades da seleção de vôlei feminino contra a Coreia do Sul

Uma das principais relevações da modalidade, ponteira de 19 anos e 1,99 ganha chance na competição junto com oposta que também representa a renovação da equipe

Escrito en ESPORTE el

Na segunda rodada da Liga das Nações (VNL), o técnico da seleção de vôlei feminino, José Roberto Guimarães, tem duas novidades na lista das 14 atletas relacionadas para a partida contra a Coreia do Sul nesta quinta-feira (16), às 14h, no Maracanãzinho. As ponteiras Rosamaria e Pri Daroit dão lugar a Tainara e Helena.

Tainara, de 24 anos, é oposta na seleção, mas também joga no Praia Clube como ponteira. Convocada pela primeira vez em 2019, foi vice-campeã com a equipe na Liga das Nações naquele ano, e vice também na Copa do Mundo 2022.

Já Helena Wenk atua no Sesc Flamengo, tem 19 anos e foi destaque na equipe vice-campeã pan-americana com a seleção principal, bastante alterada em sua formação, nos Jogos de Santiago, em 2023. Ela e a central Luiza têm 1,99 cada uma e são as mais altas da equipe.

Na estreia da Liga das Nações, o Brasil venceu o Canadá por 3 sets a 1, enquanto a Coreia do Sul foi derrotada pela China por 3 a 0.

Quem quiser acompanhar o jogo entre Brasil e Coreia do Sul, a SporTV 2 transmite na TV fechada e, pelo streaming, o duelo terá transmissão pela Volleyball World TV (VBTV), da Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

Outros jogos da VNL

Na quarta-feira (15), a Alemanha superou a França por 3 sets a 0, enquanto os Estados Unidos derrotaram a Tailândia por 3 a 1, mesmo placar do triunfo da Sérvia sobre a República Dominicana. O Japão encarou uma partida equilibrada, mas derrotou a Turquia por 3 a 2.

Nesta quinta-feira (16), a Alemanha joga contra a Itália, a Bulgária duela contra o Japão e a Holanda enfrenta a Turquia. Os Estados Unidos encaram a China e a República Dominicana fecha a segunda rodada contra o Canadá.

Gaspar Nobrega/COB