Debilitado física e emocionalmente, Maradona é internado em clínica na Argentina

Ídolo do futebol foi internado de maneira preventiva por estar abalado emocionalmente, três dias após seu aniversário; internação não teria relação com Covid-19

O ex-jogador de futebol e ídolo argentino Diego Maradona foi internado, na tarde desta segunda-feira (2), em uma clínica na cidade de La Plata.

Apesar de ter cumprido isolamento, nas últimas semanas, por ter entrado em contato com pessoas que estavam infectadas pelo coronavírus, a internação do ex-atleta não teria relação com a Covid-19. Ele teria sido encaminhado para a clínica, após conversas com seu médico, em caráter preventivo por estar com problemas emocionais e abalado fisicamente. Maradona passará por uma bateria de exames.

A internação acontece três dias após seu aniversário de 60 anos. Segundo a imprensa argentina, o ex-jogador ficou muito emocionado com as homenagens no dia de seu aniversário e se sentiu muito triste por não poder reunir todos os seus filhos em uma comemoração. Outro fator que teria abalado o craque emocionalmente é a morte recente de seu cunhado em decorrência do coronavírus.

Na sexta-feira (30), dia de seu aniversário, o argentino apareceu na partida entre o Gimnasia, clube em que é treinador, e o Patronato, e foi homenageado. Na ocasião, ele já não estava com o semblante muito animado e teve dificuldades para andar.

A situação se intensificou na manhã desta segunda-feira (2). De acordo com o jornal argentino Clarín, o ex-jogador acordou de mau-humor, dizendo que estava com dor de estômago e sem vontade de comer. Seu médico, Leopoldo Luque, então, o convenceu a ser internado.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR