Ex-ídolo do vôlei, Giba não paga pensão e tem prisão decretada

Decisão da Justiça do Paraná afirma que o ex-atleta acumula dívidas relativas à pensão desde março de 2018. Defesa alega que ele pretende pagar apenas depois de renegociar valores

O ex-atleta Giba, ídolo do vôlei brasileiro, campeão mundial e olímpico nos Anos 2000, teve sua prisão decretada neste domingo (20), por decisão da juíza da 7ª Vara de Família do estado do Paraná, devido ao não pagamento da pensão alimentícia para seus filhos com a também ex-atleta Cristina Pirv.

O valor total da dívida seria de 300 mil reais, e correspondem às pensões que Giba não vem pagando desde março de 2018.

A defesa do ex-capitão da Seleção Brasileira de vôlei masculino assegura que ele tem a intenção de pagar a pensão aos filhos, mas que não o fez porque está movendo uma ação na qual pretende renegociar os valores mensais, e que ainda não está concluído.

Giba alega que esse pedido é baseado no fato de que, após se aposentar das quadras, seus rendimentos seriam bem menores que os dos tempos de atleta profissional.

Nicoll (16 anos) e Patric (12) são os dois filhos de Giba e Cristina Pirv, e vivem na Romênia, país natal da mãe, que mantém a guarda dos menores.

Além da prisão de Giba, a justiça paranaense também ordenou a execução imediata da dívida pelas pensões não pagas.

Avatar de Victor Farinelli

Victor Farinelli

Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR