Governo Bolsonaro exalta Bolsa Atleta, programa criado por Lula que contempla 80% dos brasileiros na Olimpíada

Texto no site do governo sobre o benefício omitiu informação de que ele foi criado durante a gestão do petista, em 2005

O governo de Jair Bolsonaro divulgou na última quarta-feira (22), em seu site oficial, um texto em que exalta o programa Bolsa Atleta, benefício que contempla 80% dos brasileiros que estão nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

A delegação brasileira é composta por 302 atletas, sendo que 242 deles são bolsistas do benefício.

Trata-se de um dos maiores programas de patrocínio individual de esportistas, feito por um governo, do mundo. Os valores, pagos mensalmente aos atletas que se cadastrarem, vão de R$370 a R$15 mil.

No texto em que fala sobre o programa, o governo Bolsonaro cita uma das bolsistas do programa que está na Olimpíada, a judoca Ketleyn Quadros.

“O sucesso no esporte que a judoca Ketleyn vem conquistando conta com a ajuda do Bolsa Atleta, um programa de patrocínio individual do Governo Federal. Em Tóquio, a lista de contemplados pelo programa executado pela Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania reúne 242 nomes, 80% dos 302 inscritos pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB)”, diz o artigo.

O governo federal, no entanto, não fez qualquer menção sobre quem criou e quando o programa foi instituído. O Instituto Lula, no entanto, relembrou.

“Você sabia que 80% dos brasileiros que estão disputando as Olimpíadas são beneficiários do #BolsaAtleta? E sabia que o programa foi criado por @LulaOficial, em 25/07/2005? VAI, BRASIL!”, diz postagem feita pelo perfil oficial do instituto que leva o nome do ex-presidente neste domingo (25).

Até o momento, o Brasil conquistou duas medalhas no Olimpíada de Tóquio: uma de prata no skate, com Kelvin Hoefler, e uma de bronze no judô, com Daniel Cargnin.

Publicidade

Notícias relacionadas

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR