Rádio Grenal solta nota, mas não pune locutor que chamou jogador do Santos de “crioulinho”

A emissora se posicionou contra qualquer discriminação, mas não mencionou se vai tomar alguma atitude em relação à postura do locutor Haroldo de Souza

A Rádio Grenal, do Rio Grande do Sul, divulgou, nas redes sociais, uma “nota de esclarecimento” diante da atitude do locutor esportivo Haroldo de Souza, que pertence à emissora.

Durante a transmissão do jogo entre Santos e Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, na terça-feira (2), o locutor fez dois comentários classificados como racistas nas redes sociais, em referência ao jogador Lucas Braga, do Santos.

No entanto, a nota da Rádio Grenal é apenas protocolar e não menciona nenhum tipo de punição ao locutor. “A direção da Rádio Grenal não compactua com qualquer tipo de atitude discriminatória a quem quer que seja, pautando sua atuação através do respeito a todos, sem exceção. Salientamos nosso apreço à sociedade em geral, sem qualquer tipo de discriminação”, diz.

“Crioulinho”

Os comentários de Haroldo de Souza que causaram revolta nas redes sociais foram os seguintes: “Aquele crioulinho que está na ponta esquerda do time do Santos, quem é ele?”, questionou o locutor, referindo-se ao jogador Lucas Braga. “É um moreno, né? Um cidadão de cor, numa boa”, completou.

O locutor é usuário assíduo do Twitter, defende o presidente Jair Bolsonaro e ataca a esquerda. Ele não comentou sobre o episódio.

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.