Tite diz que Renan Lodi não foi convocado para a seleção por não ter tomado vacina

Técnico da seleção masculina de futebol divulgou a primeira lista de convocados de 2022 na manhã desta quinta-feira (13)

Técnico da Seleção Brasileira masculina de futebol, Tite disse nesta quinta-feira (13) em entrevista coletiva que o lateral Renan Lodi, do Atlético de Madri, não será convocado por não ter tomado a vacina contra a Covid-19.

“Renan Lodi teve alijado da possibilidade de convocação em função da sua não vacinação. Essa informação nos foi passada, então ele perdeu a possibilidade de concorrer por causa disso”, explicou Tite.

A divulgação desta manhã foi a primeira de 2022, ano que será realizada a Copa do Mundo. Sem grandes novidades, 26 atletas foram convocados para os jogos contra Equador, em Quito, dia 27 de janeiro, e Paraguai, dia 1º de fevereiro, em Belo Horizonte.

Ex-Atlético Paranaense, Renan Lodi foi um dos destaques na Copa Sul-Americana de 2018, da qual o Furacão saiu campeão. Em 2019, ele foi vendido para o Atlético de Madrid por 20 milhões de euros (87,5 milhões de reais), a maior venda de um lateral por um clube brasileiro. Em junho de 2021, ele foi um dos 24 convocados por Tite para a disputa da Copa América no Brasil.

Notícias relacionadas

Avatar de Carolina Fortes

Carolina Fortes

Repórter colaborativa no site Emerge Mag e antiga editora-assistente no site da Jovem Pan. Ex-repórter no site Elástica. Formada em jornalismo e faz a segunda graduação em Letras na Universidade de São Paulo (USP). Acredita no jornalismo como forma de impacto social e defende maior inclusão e representatividade.