segunda-feira, 26 out 2020
Publicidade

Vitória das mulheres: Seleção feminina de futebol terá salário igual ao da masculina

CBF confirma equiparação dos pagamentos feitos aos jogadores e às jogadoras das Seleções Brasileiras principais

Em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (2), no auditório da entidade, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, anunciou que as mulheres da seleção brasileira de futebol receberão os mesmos valores de diárias e premiações pagas aos jogadores da seleção masculina nos períodos de preparação e jogos.

Além disso, foi anunciada também a contratação de Eduarda Luizelli (49) e Aline Peregrino (38) como as novas coordenadoras de futebol feminino.

“Desde março deste ano, a CBF fez uma igualdade de valores em relação a prêmios e diárias entre o futebol masculino e feminino. Ou seja, as jogadoras ganham a mesma coisa que os jogadores durante as convocações. Aquilo que eles recebem por convocação diária, as mulheres também recebem. Aquilo que elas vão ganhar pela conquista ou por etapas das Olimpíadas ano que vem será o mesmo que os homens vão ter”, revelou o presidente.

Mais cedo, a técnica sueca Pia Sundhage anunciou os nomes das 24 convocadas que irão defender a amarelinha nesse período de preparação na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

No elenco, estarão apenas as atletas que atuam no país, devido às restrições de viagem por conta da pandemia da Covid-19. As jogadoras estarão à disposição da Seleção entre os dias 14 e 22 de setembro.

A seleção estava parada desde o início da pandemia. A liberação desta data para os treinamentos foi definida pela CBF em concordância com os clubes. 

A CBF tem apostado todas as fichas no futebol feminino, e esse é mais um passo na valorização das profissionais. “Aquilo que os homens receberão na próxima Copa do Mundo será proporcionalmente igual ao que é proposto pela FIFA. Não há mais diferença de gênero, pois a CBF está tratando de forma igual homens e mulheres”, disse o presidente.

Confira a lista de convocadas:

Goleiras:

Bárbara – Avaí/Kindermann
Leticia Izidoro – Corinthians
Luciana – Ferroviária

Defensoras:

Tamires – Corinthians
Fernanda Palermo – Santos
Ingrid (Pardal) – Corinthians
Erika – Corinthians
Bruna Benites – Internacional
Tayla – Santos
Isabella – Palmeiras
Tainara – Santos
Bruna Calderan – Avaí/Kindermann
Chú – Ferroviária

Meio-campistas:

Camila – Palmeiras
Adriana Leal – Corinthians
Vitória (Yaya) – São Paulo
Aline Milene – Ferroviária
Maria Eduarda Sampaio (Duda) – Cruzeiro
Ana Caroline – São Paulo
Andressinha – Corinthians

Atacantes:

Cristiane – Santos
Ary Borges – Palmeiras
Victória – Corinthians
Duda – São Paulo

Lelê Teles
Lelê Teles
Formado pela Universidade de Brasília, Lelê Teles é jornalista, roteirista e publicitário. É roteirista do programa Estação Periferia (TV Brasil) e da série De Quebrada em Quebrada (Prodav 09). Sua novela, Lagoas, foi premiada na Primeira Bienal de Cultura da UNE. Discípulo do Mestre Cafuna, prega o cafunismo, que é um lenitivo para a midiotia e cura para os midiotas.