Willian, do Arsenal, é alvo de racismo em redes sociais e desabafa: “Algo precisa mudar”

Atleta reproduziu ataques em seu Instagram; ele foi o segundo jogador da equipe inglesa a sofrer esse tipo de manifestação nesta semana

O atacante Willian, do Arsenal e da Seleção Brasileira, foi alvo de ataques racistas em suas redes sociais. O atleta reproduziu as postagens ofensivas nos stories de seu Instagram nesta sexta-feira (19) e fez um desabafo: “Algo precisa mudar! A luta contra o racismo continua”.

São mensagens de três usuários diferentes.  Em uma delas, o usuário escreve, em inglês: “Volte para a selva, maldito macaco”, em tradução livre.

Nas outras, os usuários usam palavrões.

No terceiro ataque, além dos palavrões, o usuário coloca emojis com figuras de macaco e de banana.

Willian foi o segundo jogador negro do Arsenal a sofrer ofensas nesta semana. O atacante Eddie Nketiah recebeu uma mensagem racista no Twitter antes da partida pela Liga Europa, na quinta-feira, contra o Benfica.

A equipe se pronunciou por um comunicado lido por um porta-voz. “Este é outro exemplo deprimente do que infelizmente está acontecendo com nossos jogadores e com muitos outros regularmente”, disse ele. “A rede social é uma das maneiras pelas quais nossos torcedores em todo o mundo podem se sentir mais próximos do clube e dos jogadores, mas no futebol e em outros lugares, vimos um mundo on-line envenenado por palavras odiosas, racistas e discriminatórias”, afirmou.

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR