Imprensa livre e independente
09 de junho de 2019, 18h37

“Eu não acho nada”, diz Bolsonaro sobre a permanência de Bivar no comando do PSL

O presidente Jair Bolsonaro se esquivou de comentar sobre articulações que teriam surgido para tirar Luciano Bivar da presidência do PSL após escândalo de notas frias.

Bolsonaro e Luciano Bivar (Reprodução)
O presidente Jair Bolsonaro se esquivou de comentar sobre articulações para a saída de Luciano Bivar da presidência nacional do PSL, seu partido. Bivar foi antingido por acusações de uso de notas fiscais frias que tem gerado um clima conturbado dentro da sigla. “Eu não acho nada”, disse Bolsonaro a Ricardo Della Coletta, da Folha, ao ser questionado sobre o que pensava da continuidade do deputado federal pernambucano no comando do partido. A questão veio à tona após surgir novo escândalo que acusa Bivar de usar notas frias para comprovar gastos. Esse caso gerou uma reação de aliados de Bolsonaro que querem...

O presidente Jair Bolsonaro se esquivou de comentar sobre articulações para a saída de Luciano Bivar da presidência nacional do PSL, seu partido. Bivar foi antingido por acusações de uso de notas fiscais frias que tem gerado um clima conturbado dentro da sigla.

“Eu não acho nada”, disse Bolsonaro a Ricardo Della Coletta, da Folha, ao ser questionado sobre o que pensava da continuidade do deputado federal pernambucano no comando do partido. A questão veio à tona após surgir novo escândalo que acusa Bivar de usar notas frias para comprovar gastos.

Esse caso gerou uma reação de aliados de Bolsonaro que querem tirar Bivar do comando da legenda. O tema foi tratado em reunião do presidente da República com o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e os advogados Karina Kufa e Antonio Rueda (vice-presidente do PSL). Essa conversa gerou comentários negativos em grupo de WhatsApps da Bancada do PSL.

Em janiero, Bivar foi apontado como principal mentor de uma das candidaturas laranjas do partido nas eleições de 2018. Bivar teria articulado uma candidatura para o cargo de deputada federal em Pernambuco que conseguiu apenas 274 votos e recebeu cerca de R$400 mil do fundo eleitoral, a terceira maior quantia do partido.

Veja também:  Diogo Mainardi, do Antagonista, torce por prisão de hacker e fim da Vaza-Jato

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum