Imprensa livre e independente
12 de abril de 2017, 22h06

Facebook, que quer coibir notícias falsas, não vê problema em venda de camiseta com Lula degolado

A loja online “Snake Bite” colocou à venda uma camiseta com uma imagem que remete ao ex-presidente degolado, em uma clara incitação à violência e à intolerância. A loja foi denunciada, mas o Facebook se negou a retirar o material do ar Por Redação O Facebook vem tentando demonstrar, recentemente, esforços de identificar e coibir, por exemplo, notícias falsas, com o intuito de que os usuários tenham uma melhor experiência na rede social de Mark Zuckerberg. Ao mesmo tempo, no entanto, se cala diante de publicações que incitam o ódio ou a violência. A loja online Snake Bite vem divulgando...

A loja online “Snake Bite” colocou à venda uma camiseta com uma imagem que remete ao ex-presidente degolado, em uma clara incitação à violência e à intolerância. A loja foi denunciada, mas o Facebook se negou a retirar o material do ar

Por Redação

O Facebook vem tentando demonstrar, recentemente, esforços de identificar e coibir, por exemplo, notícias falsas, com o intuito de que os usuários tenham uma melhor experiência na rede social de Mark Zuckerberg. Ao mesmo tempo, no entanto, se cala diante de publicações que incitam o ódio ou a violência.

A loja online Snake Bite vem divulgando imagens que remetem ao ex-presidente Lula, degolado, com boca e nariz sangrando, e a estampou em uma camiseta, que foi colocada à venda. A imagem, inclusive, já está disponível para download para ser usada como papel de parede no celular.

A imagem é uma incitação clara à violência e inúmeros internautas vêm mostrando indignação nos comentários dos posts da página. Uma delas, Roberta Andrade, inclusive, denunciou o conteúdo da página à equipe do Facebook. A rede social, no entanto, se negou a retirar o conteúdo do ar.

Veja também:  Coagido, diretor da Odebrecht disse que "construiu relato" na Lava Jato sobre sítio de Atibaia, atribuído a Lula

“Ela não vai contra nenhum dos nossos padrões da comunidade específicos”, respondeu, em comunicado à internauta, a rede social.

O Facebook se limitou a recomendar que, se o conteúdo é ofensivo à pessoa, que bloqueie aquela página.

Se mais pessoas denunciarem o conteúdo da página, o Facebook pode fazer novas análises e, se assim considerar melhor, bloquear a loja online da rede social.

Para denunciar um conteúdo, basta clicar na seta no canto superior direito da imagem e, então, clicar em “denunciar”.

Veja abaixo a íntegra da “análise” feita pela rede social com relação a camiseta de Lula degolado.

 

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum