Imprensa livre e independente
07 de junho de 2018, 15h31

Faxineira autodidata que sobreviveu graças aos programas sociais do PT dá palestra nos EUA

Alline Parreira, que há dois anos trabalha como faxineira em Nova Iorque, palestrará para doutores norte-americanos da Cuny University; adotada duas vezes por famílias pobres, Alline foi beneficiada por programas sociais como o Bolsa Família e, autodidata, se tornou uma ativista social. Saiba mais

Foto: Reprodução/Facebook
Nascida no sertão de Minas Gerais, adotada duas vezes por famílias pobres e com uma trajetória marcada pelo racismo, a jovem Alline Parreira, de 27 anos, palestrará para doutores norte-americanos da Cuny University, em Nova Iorque (EUA), na próxima sexta-feira (15). A convite do coletivo BRADO-NY, Alline, que há dois anos faz faxina em Nova Iorque para se sustentar, narrará na universidade sua história de opressões e superação e travará uma reflexão sobre privilégio, identidade e transformação social. Tendo como suas principais referências teóricos crítico-ativistas com Franz Fanon e Angela Davis, a jovem destacará o confronto com vários sistemas interligados...

Nascida no sertão de Minas Gerais, adotada duas vezes por famílias pobres e com uma trajetória marcada pelo racismo, a jovem Alline Parreira, de 27 anos, palestrará para doutores norte-americanos da Cuny University, em Nova Iorque (EUA), na próxima sexta-feira (15).

A convite do coletivo BRADO-NY, Alline, que há dois anos faz faxina em Nova Iorque para se sustentar, narrará na universidade sua história de opressões e superação e travará uma reflexão sobre privilégio, identidade e transformação social. Tendo como suas principais referências teóricos crítico-ativistas com Franz Fanon e Angela Davis, a jovem destacará o confronto com vários sistemas interligados de discriminação, que envolvem classe, raça e gênero.

Apesar das condições adversas, Alline se tornou autodidata e conseguiu sobreviver muito por conta de programas sociais dos governos de Lula e Dilma Rousseff. Ela foi beneficiada com programa Bolsa Família, com cursos de qualificação e ainda contou com uma bolsa durante o governo Dilma para viajar sozinha ao continente africano. “Mudou meu rumo, e ampliou os meus horizontes, com o conhecimento prático, de uma mulher negra viajando sozinha”, conta.

Veja também:  Em audiência com Greenwald, Contarato cobra coragem de senadores para instauração de CPI da Vaza Jato

De acordo com o texto de divulgação do evento, “o testemunho da trajetória da palestrante será abordado dentro do contexto histórico das últimas décadas com as políticas sociais dos governos Lula e Dilma do PT”.

A palestra será mediada pelo doutor brasileiro Eduardo Vianna, que destaca o valor do conhecimento prático de Alline, que sequer tem diploma universitário. “O conhecimento conceitual, teórico tem que estar a serviço da prática, mas a prática precisa ser analisada, o que requer conceitos”, analisa.

A palestra será transmitida ao vivo pelo Facebook do coletivo BRADO-NY. Saiba mais aqui.

 

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum