Imprensa livre e independente
20 de março de 2017, 20h54

Federação dos agentes da PF critica postura de delegado da “Carne Fraca”

A Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) criticou nesta segunda-feira 20, em nota, a postura dos agentes da corporação na Operação Carne Fraca, especialmente Maurício Moscardi Grillo, que coordenou a operação; o presidente da entidade, Luís Bourdens, defendeu o que chamou de “atuação irrepreensível” dos policiais Por Brasil 247 A Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) criticou nesta segunda-feira 20, em nota, a postura dos agentes da corporação no âmbito da Operação Carne Fraca, deflagrada na sexta-feira 17. O presidente da entidade, Luís Bourdens, defendeu o que chamou de “atuação irrepreensível” dos policiais. Ele destaca que os agentes que trabalham nas...

A Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) criticou nesta segunda-feira 20, em nota, a postura dos agentes da corporação na Operação Carne Fraca, especialmente Maurício Moscardi Grillo, que coordenou a operação; o presidente da entidade, Luís Bourdens, defendeu o que chamou de “atuação irrepreensível” dos policiais

Por Brasil 247

A Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) criticou nesta segunda-feira 20, em nota, a postura dos agentes da corporação no âmbito da Operação Carne Fraca, deflagrada na sexta-feira 17.

O presidente da entidade, Luís Bourdens, defendeu o que chamou de “atuação irrepreensível” dos policiais. Ele destaca que os agentes que trabalham nas investigações não participam nem da divulgação nem da comunicação após o fim das operações — “prática, muitas vezes, com caráter somente midiático, que vem sendo adotada apenas pelos delegados federais”.

“Maurício Moscardi, por exemplo, não tem a menor condição de ser apresentado como coordenador de qualquer operação. Seu tempo na PF por si só já justifica sua inexperiência para tratar de assuntos delicados como o eventual abalo econômico advindo de uma grande operação como a Carne Fraca”, observa.

Veja também:  Carlos Bolsonaro no Twitter: "Diâmetro e profundidade só é critério de competência para alguns"

Ele defendeu a importância da operação no combate à corrupção, mas ponderou que “o trabalho técnico investigativo não pode ser maculado por eventual interpretação dissociada da verdade dos fatos”.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum