Julian Rodrigues

24 de junho de 2019, 17h32

Feliz pelo reconhecimento

Julian Rodrigues foi homenageado na Sessão Solene na Câmara, para lembrar os 50 anos da rebelião de Stonewall e os 41 anos de movimento LGBTI no Brasil

Foto: Divulgação

Por iniciativa da deputada federal Erika Kokay, histórica defensora dos direitos LGBTI, foi realizada nesta segunda-feira, 24/07/2019, uma Sessão Solene na Câmara dos Deputados, em homenagem aos 50 anos da rebelião de Stonewall, e também aos 41 anos de movimento LGBTI no Brasil.

Nessa sessão fui um dos ativistas homenageados, em companhia de lideranças como Fernanda Benvenutty, Irina Bacci, Keila Simpson, Cláudio Nascimento, Marisa Fernandes, Luiz Mott, João Silverio Trevisan, Dimitri Sales, Iara Bernardi, Fátima Cleide, Jacqueline de Jesus, entre outras/os.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Lembrar e celebrar nossa história é uma forma de fortalecer a luta no presente e construir o futuro. Quem não sabe de onde veio e como chegou aqui vai ter dificuldade para seguir em frente pelo caminho correto.

É muito gratificante receber uma homenagem, principalmente nesse momento em que o STF acaba de dizer que homofobia e transfobia são crimes. Essa batalha nós travamos, em particular desde 2003, quando, trabalhando com o ex-deputado Luciano Zica, concebi, propus e organizei tanto o I Seminário LGBT no Congresso Nacional, quanto a Frente Parlamentar LGBT, na época chamada de Frente Parlamentar pela Livre Expressão Sexual.

Veja também:  "Apoio institucional" de Raquel Dodge não satisfaz Deltan Dallagnol e procuradores da Lava Jato

Divido com vocês a alegria por esse reconhecimento do meu trabalho e da minha trajetória como ativista pelos direitos sexuais e reprodutivos, pelos direitos humanos da população LGBTI.