Imprensa livre e independente
06 de novembro de 2016, 15h05

Filha de Alckmin usa equipe do governo e Palácio dos Bandeirantes para ensaios de moda

Sophia Alckmin, de 36 anos, é formada em Direito, mas mas não exerce a profissão. Atualmente ela faz bastante sucesso como blogueira de moda. Por Redação A filha mais velha do governador Geraldo Alckmin, Sophia Alckmin, de 36 anos, utiliza mão de obra que deveria ser do governo de São Paulo e a sede do poder Executivo, o Palácio dos Bandeirantes, para fazer ensaios de moda para o blog Bettys, para o qual escreve. Sophia é formada em Direito, mas não exerce a profissão. Atualmente ela faz bastante sucesso como blogueira de moda. Sempre vestindo sapatos de salto alto, bolsas,...

Sophia Alckmin, de 36 anos, é formada em Direito, mas mas não exerce a profissão. Atualmente ela faz bastante sucesso como blogueira de moda.

Por Redação

A filha mais velha do governador Geraldo Alckmin, Sophia Alckmin, de 36 anos, utiliza mão de obra que deveria ser do governo de São Paulo e a sede do poder Executivo, o Palácio dos Bandeirantes, para fazer ensaios de moda para o blog Bettys, para o qual escreve.

Sophia é formada em Direito, mas não exerce a profissão. Atualmente ela faz bastante sucesso como blogueira de moda. Sempre vestindo sapatos de salto alto, bolsas, joias e roupas de grife, ela usa a estrutura do governo para alguns destes ensaios. As informações foram publicadas pelo blog Radar On-Line, do jornalista Maurício Lima.

Como cada uma dessas sessões exige um certo trabalho, os funcionários do Palácio ficam sempre de prontidão para garantir que nada falte à filha do tucano.

Veja também:  Cientista da Nasa diz que nos próximos 300 anos mais pessoas viverão no espaço do que na Terra

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum