Imprensa livre e independente
29 de dezembro de 2017, 11h33

Filho de Crivella compartilha fake news sobre Pablo Vittar

No post, há a afirmação de que a cantora receberá R$ 5 milhões em 2018, por meio da Lei Rouanet, o que não passa de notícia falsa.

No post, há a afirmação de que a cantora receberá R$ 5 milhões em 2018, por meio da Lei Rouanet, o que não passa de notícia falsa. Da Redação* Marcelo Hodge Crivella, filho do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, embarcou em um boato divulgado nas redes sociais e compartilhou uma postagem no Instagram, que traz uma notícia falsa. No post, há a afirmação de que a cantora Pablo Vittar receberá R$ 5 milhões em 2018, por meio da Lei Rouanet. O filho de Crivella compara o benefício à difícil situação do Hospital do Câncer, em Barretos (SP), que...

No post, há a afirmação de que a cantora receberá R$ 5 milhões em 2018, por meio da Lei Rouanet, o que não passa de notícia falsa.

Da Redação*

Marcelo Hodge Crivella, filho do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, embarcou em um boato divulgado nas redes sociais e compartilhou uma postagem no Instagram, que traz uma notícia falsa. No post, há a afirmação de que a cantora Pablo Vittar receberá R$ 5 milhões em 2018, por meio da Lei Rouanet. O filho de Crivella compara o benefício à difícil situação do Hospital do Câncer, em Barretos (SP), que chegou a ficar um mês fechado este ano. As informações são do blog do Lauro Jardim, em O Globo.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

Pablo Vittar, no entanto, não teve nenhum projeto de R$ 5 milhões aprovado em função da Lei Rouanet. Depois de receber mais de 200 curtidas, o post foi apagado da conta de Marcelo Hodge Crivella no Instagram.

Veja também:  Rompimento de barragem no interior da Bahia deixou 150 famílias desabrigadas e afetou outras 500

*Com informações do blog do Lauro Jardim, de O Globo

Foto: Reprodução/Instagram

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum