Imprensa livre e independente
02 de fevereiro de 2019, 11h12

Filho de João de Deus é preso acusado de coação e corrupção de testemunhas

Médium, que está detido desde dezembro após denúncias de abusos sexuais de fiéis, também responde pelos crimes

João de Deus e o filho, Sandro Teixeira (Reprodução)
Filho do médium João de Deus, Sandro Teixeira de Faria foi preso na manhã deste sábado (2), em Anápolis (GO), acusado de coação e corrupção de testemunhas. O pai, que está detido desde dezembro após denúncias de abusos sexuais de fiéis, também responde pelos crimes. Segundo informações da TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo, Sandro foi denunciado no dia 24 de janeiro no caso envolvendo uma testemunha, em 2016. Na ocasião, segundo o promotor Augusto César de Souza, um dia após o registro do crime, o médium já tinha conhecimento do boletim de ocorrência e tentou, junto com o filho,...

Filho do médium João de Deus, Sandro Teixeira de Faria foi preso na manhã deste sábado (2), em Anápolis (GO), acusado de coação e corrupção de testemunhas. O pai, que está detido desde dezembro após denúncias de abusos sexuais de fiéis, também responde pelos crimes.

Segundo informações da TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo, Sandro foi denunciado no dia 24 de janeiro no caso envolvendo uma testemunha, em 2016. Na ocasião, segundo o promotor Augusto César de Souza, um dia após o registro do crime, o médium já tinha conhecimento do boletim de ocorrência e tentou, junto com o filho, “comprar” a testemunha.

“João de Deus e o seu filho, que estava armado, foram até a cidade da vítima, no norte do estado, e ofereceram a uma das testemunhas que acompanhou a vítima pedras preciosas que valiam R$ 15 mil para que fosse retirado o registro”, contou o promotor.

Tráfico de bebês
No início de janeiro, a coordenadora do Núcleo de Gênero do Ministério Público de São Paulo, Valéria Scarance, solicitou ao Ministério Público Federal a abertura de investigações sobre o suposto envolvimento do médium João de Deus em um esquema de tráfico internacional de bebês e de escravização de mulheres.

Veja também:  Bolsonaro pode acabar com Ancine por considerar projetos aprovados como “absurdos”

VIDEO: Ativista denuncia quadrilha de tráfico de bebês que seria ligada a João de Deus

A denúncia foi feita em vídeo pela ativista Sabrina Bittencourt, a mesma que mobilizou mulheres para denunciar abusos sexuais que teriam sido cometidos por João de Deus.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum