Imprensa livre e independente
30 de dezembro de 2016, 11h53

Filho de Lula é um dos próximos alvos da Lava Jato, sinaliza relatório da PF

Documento aponta para investigação da empresa Gamecorp, pertencente a Fábio Luís Lula da Silva.

Documento aponta para investigação da empresa Gamecorp, pertencente a Fábio Luís Lula da Silva Por Redação De acordo com um relatório da Polícia Federal, um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ser o próximo alvo de investigações. De acordo com o documento, a empresa Gamecorp, pertencente a Fábio Luís Lula da Silva, recebeu de seus principais financiadores ao menos R$ 103 milhões. Entre eles, a cervejaria Petrópolis e empresas ligadas à marca de telefonia Oi. O laudo, elaborado pela PF e anexado a um dos inquéritos sobre o ex-presidente na Operação Lava Jato, não traz conclusões...
Documento aponta para investigação da empresa Gamecorp, pertencente a Fábio Luís Lula da Silva

Por Redação

De acordo com um relatório da Polícia Federal, um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ser o próximo alvo de investigações. De acordo com o documento, a empresa Gamecorp, pertencente a Fábio Luís Lula da Silva, recebeu de seus principais financiadores ao menos R$ 103 milhões. Entre eles, a cervejaria Petrópolis e empresas ligadas à marca de telefonia Oi.

O laudo, elaborado pela PF e anexado a um dos inquéritos sobre o ex-presidente na Operação Lava Jato, não traz conclusões a respeito desses repasses, nem especifica as datas dos pagamentos. A defesa do petista afirmou que a Oi é acionista da Gamecorp e participa da administração da firma.

A empresa de telefonia também se pronunciou, dizendo que contrata a Gamecorp para serviços de produção do canal que exibe a programação da Oi TV e os direitos de transmissão do canal Play TV. Já o grupo Petrópolis argumentou que os pagamentos se referem a “serviços prestados para implantação de TV corporativa” e também veiculação de publicidade.

Veja também:  O que foi revelado até agora pela Lava Jato não é nada perto do que está por vir, diz Noblat

Com informações da Folha de S. Paulo

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum