Imprensa livre e independente
21 de dezembro de 2018, 10h03

Flavio Dino a Bolsonaro: “nosso compromisso é com o Brasil. E não com os Estados Unidos”

Governador reeleito do Maranhão rebateu pelo Twitter ironias do presidente eleito sobre formação de bloco de oposição com PCdoB, PSB e PDT.

Montagem
Governador reeleito do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB) respondeu pelo Twitter às ironias do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), sobre a formação do bloco de oposição unindo PDT, PSB e PCdoB. Nesta quinta-feira (20), o capitão disse que se os partidos progressistas o apoiassem “é que preocuparia o Brasil”. “Jamais pensamos em tal apoio. Seria um disparate, uma vez que o nosso compromisso é, de verdade, com o Brasil. E não com os Estados Unidos”, tuitou o governador do Maranhão, nesta sexta-feira (21). Jamais pensamos em tal apoio. Seria um disparate, uma vez que o nosso compromisso é, de verdade, com...

Governador reeleito do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB) respondeu pelo Twitter às ironias do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), sobre a formação do bloco de oposição unindo PDT, PSB e PCdoB. Nesta quinta-feira (20), o capitão disse que se os partidos progressistas o apoiassem “é que preocuparia o Brasil”.

“Jamais pensamos em tal apoio. Seria um disparate, uma vez que o nosso compromisso é, de verdade, com o Brasil. E não com os Estados Unidos”, tuitou o governador do Maranhão, nesta sexta-feira (21).

Também pelo Twitter, Flávio Dino disse que o bloco não tem o propósito de isolar o PT. “Isso seria um absurdo, considerando que se trata do maior partido do campo popular no nosso país. Bloco parlamentar não impede diversas outras formas de aliança e diálogo”.

Veja também:  Oito deputados do PDT, incluindo Tabata, votaram a favor da reforma da Previdência de Bolsonaro

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum