Imprensa livre e independente
21 de fevereiro de 2019, 17h08

Formatura de Direito da PUC-SP tem Lula livre, vaias e discurso histórico de Bandeira de Mello

Em seu pronunciamento durante cerimônia de formatura do curso de Direito, o jurista elogia Lula, é vaiado por boa parte da plateia, mas defendido pelos formandos

Foto: Reprodução/Vídeo
O jurista e professor universitário Celso Antônio Bandeira de Mello pronunciou um discurso histórico, durante a cerimônia de formatura do curso de Direito da Pontifícia Universidade Católica (PUC), nesta quarta-feira (20), no Credicard Hall, em São Paulo. O advogado fez elogios ao ex-presidente Lula, relembrando o período de maior progresso na história do Brasil. Nesse momento, a reação da plateia foi imediata. Boa parte dos pais e demais familiares que estava na solenidade passou a vaiar insistentemente o jurista. Ao mesmo tempo, os formandos apoiavam as palavras de Bandeira de Mello e pediam o fim das vaias. Um dos mais...

O jurista e professor universitário Celso Antônio Bandeira de Mello pronunciou um discurso histórico, durante a cerimônia de formatura do curso de Direito da Pontifícia Universidade Católica (PUC), nesta quarta-feira (20), no Credicard Hall, em São Paulo.

O advogado fez elogios ao ex-presidente Lula, relembrando o período de maior progresso na história do Brasil. Nesse momento, a reação da plateia foi imediata. Boa parte dos pais e demais familiares que estava na solenidade passou a vaiar insistentemente o jurista. Ao mesmo tempo, os formandos apoiavam as palavras de Bandeira de Mello e pediam o fim das vaias.

Um dos mais respeitados juristas do Brasil, em sua manifestação, destacou o trágico período da ditadura militar e lembrou o assassinato de Marielle Franco, além de ressaltar a injusta prisão de Lula.

“Vocês se formam num período extremamente difícil, não apenas na história do Brasil, o que é óbvio. Mas também da história do mundo. Ultimamente tivemos uma guinada para a direita. É o que vem acontecendo no mundo e o que aconteceu, visivelmente, no Brasil”, disse o jurista.

Veja também:  Recursos que poderiam tirar Moro da Lava Jato estão parados há mais de 2 anos no CNJ

“Isso coloca para vocês uma responsabilidade muito grande, a necessidade de uma intensa coragem para enfrentar esse período difícil que vivemos e para resgatar uma série de bens e valores, que foram sacrificados ultimamente”, prosseguiu.

Progresso

“Vocês acabam de se formar. Eu me formei numa época melhor, apesar de que terrível logo em seguida, porque eu peguei a ditadura do golpe militar de 64. Mas pude viver momentos felizes, como o período de maior progresso da história do Brasil, o período de maior nivelamento da história do Brasil, o governo desse grande homem que está preso, Luiz Início Lula da Silva”, ressaltou.

Assistam ao vídeo:

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum