Imprensa livre e independente
19 de setembro de 2013, 13h36

Fórum 126 traz especial sobre política de drogas

Políticas de viés proibicionista e repressivo estão sendo questionadas em diversos países do mundo, evidenciando a necessidade de se discutir o tema de forma racional

Políticas de viés proibicionista e repressivo estão sendo questionadas em diversos países do mundo, evidenciando a necessidade de se discutir o tema de forma racional Por Redação A edição 126 de Fórum, em bancas e em todas as lojas da Livraria Cultura (confira a lista aqui) traz um especial sobre política de drogas, buscando descortinar o tema e dar uma visão diferente daquela abordada pelos veículos tradicionais. Trata-se de um cenário em que as políticas de viés proibicionista e repressivo estão sendo questionadas em diversos países do mundo, evidenciando a necessidade de se discutir as drogas de forma racional. Dentro...

Políticas de viés proibicionista e repressivo estão sendo questionadas em diversos países do mundo, evidenciando a necessidade de se discutir o tema de forma racional

Por Redação

A edição 126 de Fórum, em bancas e em todas as lojas da Livraria Cultura (confira a lista aqui) traz um especial sobre política de drogas, buscando descortinar o tema e dar uma visão diferente daquela abordada pelos veículos tradicionais. Trata-se de um cenário em que as políticas de viés proibicionista e repressivo estão sendo questionadas em diversos países do mundo, evidenciando a necessidade de se discutir as drogas de forma racional.

Dentro do especial, você pode conferir reportagem sobre as internações, seriam elas o melhor método para tratar o problema da dependência? Para muitos especialistas, o foco de políticas públicas nesse tipo de tratamento pode colocar em risco avanços obtidos por meio da luta antimanicomial. Outras duas matérias abordam a relação entre a atual legislação sobre drogas e a criminalização da pobreza e a história do proibicionismo, que remonta à execução de políticas equivocadas como a Lei Seca nos EUA.

Veja também:  Sociedade falida: EUA dão treinamento com armas de fogo para professores do ensino fundamental

Em entrevista, o ex-secretário nacional de Justiça Pedro Abramovay conta que experiências recentes como a que está em fase de elaboração no Uruguai e as de estados norte-americanos como Colorado e Washington trazem novos elementos para a discussão. “Tem muita gente que não consegue pensar de outra maneira, que não consegue imaginar que é possível ter outro olhar sobre isso. Esse é um dos grandes problemas: o preconceito, que provoca o engessamento do debate público.”

Pedro Alexandre Sanches traz uma lista de músicas que falam, de forma explícita ou cifrada, sobre a temática das drogas e o Coletivo Desentorpecendo a Razão (DAR) explica seus objetivos e conta sua história, similar à de diversos coletivos autônomos e também antiproibicionistas que crescem em número e em importância.

Além do especial, Fórum traz também entrevistas com John Holloway e com o escritor, quadrinista e ilustrador Lourenço Mutarelli. Veja também reportagem sobre o racismo na infância, que propõe reflexões sobre o que faz com que uma criança se torne racista e que tipo de marcas a vítima de discriminação carrega pra o resto de sua vida.

Veja também:  Em reunião com Dallagnol e mais sete procuradores, Raquel Dodge garante apoio à Lava Jato

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum