Imprensa livre e independente
20 de maio de 2019, 18h40

Fotógrafo do ex-presidente Lula, Ricardo Stuckert homenageia Pepe Mujica, que completa 84 anos

“Mujica é daquelas pessoas que marcam você pela simplicidade, convicções, pela forma como vive a vida. As lições que Mujica ensina vão muito além da política”, escreveu o fotógrafo

Foto: Ricardo Stuckert
Um dos principais repórteres-fotográficos do Brasil, Ricardo Stuckert, que há muitos anos retrata o ex-presidente Lula em suas andanças, dessa vez usou as palavras para prestar uma homenagem ao ex-presidente do Uruguai, Pepe Mujica, que completa 84 anos de idade nesta segunda-feira (20). Stuckert postou o seguinte texto em sua página no Facebook: “Parabéns ao Mujica que hoje completa 84 anos. Tive a oportunidade de fotografá-lo algumas vezes. Mujica é daquelas pessoas que marcam você pela simplicidade, convicções, pela forma como vive a vida. As lições que Mujica ensina vão muito além da política. Ele passou 14 na prisão e...

Um dos principais repórteres-fotográficos do Brasil, Ricardo Stuckert, que há muitos anos retrata o ex-presidente Lula em suas andanças, dessa vez usou as palavras para prestar uma homenagem ao ex-presidente do Uruguai, Pepe Mujica, que completa 84 anos de idade nesta segunda-feira (20). Stuckert postou o seguinte texto em sua página no Facebook:

“Parabéns ao Mujica que hoje completa 84 anos. Tive a oportunidade de fotografá-lo algumas vezes. Mujica é daquelas pessoas que marcam você pela simplicidade, convicções, pela forma como vive a vida. As lições que Mujica ensina vão muito além da política.

Ele passou 14 na prisão e em sua maioria na solitária. Durante o período do cárcere, sofreu torturas e severas privações.

Libertado após 14 anos de prisão, voltou à vida política e ocupou os cargos de ministro e de senador antes de se tornar presidente. Foi durante seu governo que colocou o Uruguai no mapa como uma das nações mais progressistas do mundo.

Mujica vive com simplicidade. Quando era presidente, não quis morar no Palácio Presidencial. Ele vive até hoje em uma casa de apenas um quarto na fazenda de sua esposa e dirige um fusca de 1978.
Ano passado, renunciou ao cargo de senador por motivos pessoais, mas continua ativo na luta por uma sociedade mais justa e igualitária”.

Veja também:  STF pode adiar julgamento de suspeição de Moro nos processos da Lava Jato

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum