Imprensa livre e independente
05 de julho de 2016, 12h12

Freixo responde Pedro Paulo: “Atrasado é quem bate em mulher”

Durante evento de lançamento de sua pré-candidatura, realizado ontem (2), deputado estadual rebateu críticas do adversário peemedebista: "Uma cidade que bate em mulher e que mata homossexuais não é uma cidade democrática”.

Durante evento de lançamento de sua pré-candidatura, realizado ontem (2), deputado estadual rebateu críticas do adversário peemedebista: “Uma cidade que bate em mulher e que mata homossexuais não é uma cidade democrática” Por Redação O deputado estadual e pré-candidato à prefeitura do Rio pelo Psol, Marcelo Freixo, rebateu as críticas que recebeu do peemedebista Pedro Paulo, com quem deve disputar as próximas eleições. Ele havia afirmado, em seu Facebook, que Freixo propõe um modelo atrasado e inchado de Estado. Em resposta, o político do Psol relembrou que Pedro Paulo é acusado por sua ex-esposa, Alexandra Marcondes, de agressão. Um inquérito sobre o caso está em...

Durante evento de lançamento de sua pré-candidatura, realizado ontem (2), deputado estadual rebateu críticas do adversário peemedebista: “Uma cidade que bate em mulher e que mata homossexuais não é uma cidade democrática”

Por Redação

O deputado estadual e pré-candidato à prefeitura do Rio pelo Psol, Marcelo Freixo, rebateu as críticas que recebeu do peemedebista Pedro Paulo, com quem deve disputar as próximas eleições. Ele havia afirmado, em seu Facebook, que Freixo propõe um modelo atrasado e inchado de Estado.

Em resposta, o político do Psol relembrou que Pedro Paulo é acusado por sua ex-esposa, Alexandra Marcondes, de agressão. Um inquérito sobre o caso está em andamento no Supremo Tribunal Federal (STF). “Eu quero uma cidade democrática. Uma cidade que bate em mulher e que mata homossexuais não é uma cidade democrática”, ressaltou.

Freixo ainda levantou a discussão sobre transporte público, já que o adversário disse que ele iria acabar com os BRT, caso fosse eleito. As declarações foram dadas na noite de segunda-feira (4), durante o evento de lançamento de sua pré-candidatura, no ginásio do Club Municipal, na Tijuca.

Veja também:  Rodrigo Maia diz que não indicaria filho para ser embaixador

“Ônibus não é transporte de massa em lugar nenhum do mundo, mas é evidente que a gente não vai desfazer o BRT, como alguns espancadores falam por aí. Não é o que a gente quer fazer, evidente que não. Mas, se pudesse fazer sobre trilhos, seria melhor, e evidentemente não estará subordinado aos interesses exclusivos da Fetranspor. Nós vamos ter poder público no Rio de Janeiro”, disse o deputado.

Foto de Capa: Mídia NINJA

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum