Imprensa livre e independente
21 de novembro de 2016, 17h34

Garotinho: “O Globo recebeu R$ 2 bilhões do Cabral”

“Não há outro estado no Brasil onde tenha havido tanta corrupção como no Rio de Janeiro”, disse o ex-governador. Assista o vídeo. Por Brasil 247 Poucos dias antes de ser preso pela Polícia Federal, sob acusação de usar dinheiro público para compra de votos nas eleições municipais de Campos, o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PR) fez uma uma grave acusação contra o jornal O Globo, da família Marinho. Garotinho disse que o jornal carioca recebeu R$ 2 bilhões durante a gestão do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), também preso pela Polícia Federal, mas no âmbito da operação Lava...

“Não há outro estado no Brasil onde tenha havido tanta corrupção como no Rio de Janeiro”, disse o ex-governador. Assista o vídeo.

Por Brasil 247

Poucos dias antes de ser preso pela Polícia Federal, sob acusação de usar dinheiro público para compra de votos nas eleições municipais de Campos, o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PR) fez uma uma grave acusação contra o jornal O Globo, da família Marinho.

Garotinho disse que o jornal carioca recebeu R$ 2 bilhões durante a gestão do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), também preso pela Polícia Federal, mas no âmbito da operação Lava Jato, sob acusação de receber entre R$ 200 mil e R$ 500 mil em propinas mensais de empreiteiras que obtiveram contratos com o governo do Estado.

“Não há outro estado no Brasil onde tenha havido tanta corrupção como no Rio de Janeiro. Querer dizer agora, como O Globo vem tentando insinuar, que recebeu só no período de Cabral 2 bilhões de reais em propaganda, que tudo em culpa da crise internacional e da queda do petróleo, não é não”, disparou Garotinho.

Veja também:  #VazaJato no Twitter: os influenciadores

Se você está gostando desta matéria, apoie a Fórum se tornando sócio. Pra fazer jornalismo de qualidade nós precisamos do seu apoio

“Os três principais motivos dessa situação que o Rio foi parrar no fundo poço foram três motivos. primeiro foi a farra dos incentivos fiscais. Foram mais de R$ 180 bilhões que o Cabral deu de incentivos fiscais. Em segundo lugar, a farra dos precatórios. A Assembleia autorizou o governo do Estado a receber impostos através de dívidas. E o terceiro ponto, que também é muito grave foi excesso de terceirização”, afirmou.

Assista ao vídeo:

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum