Imprensa livre e independente
22 de setembro de 2016, 11h48

Gleisi Hoffmann critica espetáculo e humilhação na prisão de Guido Mantega

"Prenderam o Guido porque ele ia fugir via hospital Albert Einstein? Moro e PF iniciam Operação Boca de Urna", escreveu a senadora no Twitter.

“Prenderam o Guido porque ele ia fugir via hospital Albert Einstein? Moro e PF iniciam Operação Boca de Urna”, escreveu a senadora no Twitter Por Redação Na manhã desta quinta-feira (22), o ex-ministro dos governos Lula e Dilma, Guido Mantega, foi preso no centro cirúrgico do Hospital Albert Einstein, onde sua esposa se preparava para uma operação. A prisão temporária é parte da 34ª fase da Operação Lava Jato. No Twitter, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) criticou a ação. Para a ex-ministra-chefe da Casa Civil, a atitude da Polícia Federal, sob comando do juiz Sérgio Moro, foi baseada na lógica da...

“Prenderam o Guido porque ele ia fugir via hospital Albert Einstein? Moro e PF iniciam Operação Boca de Urna”, escreveu a senadora no Twitter

Por Redação

Na manhã desta quinta-feira (22), o ex-ministro dos governos Lula e Dilma, Guido Mantega, foi preso no centro cirúrgico do Hospital Albert Einstein, onde sua esposa se preparava para uma operação.

A prisão temporária é parte da 34ª fase da Operação Lava Jato. No Twitter, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) criticou a ação.

Para a ex-ministra-chefe da Casa Civil, a atitude da Polícia Federal, sob comando do juiz Sérgio Moro, foi baseada na lógica da “espetacularização” e da “humilhação”.

Veja os tuítes:


Foto: Geraldo Magela / Agência Senado

Veja também:  Dilma Rousseff se despede da mãe, Dilma Jane, em cerimônia em Belo Horizonte

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum