Imprensa livre e independente
11 de julho de 2019, 11h20

Glenn Greenwald diz que senadores do PSL fogem e desafia a fazerem acusações “na cara”

"É muito fácil acusar alguém se escondendo atrás de um computador", disse o jornalista. Estratégia da oposição foi esvaziar audiência na CCJ do Senado e desferir ataques pelas redes sociais a Glenn e ao site The Intercept

Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza audiência pública Interativa para prestar informações sobre fatos revelados pelo sítio Intercept Brasil.rrMesa:rjornalista da agência de notícias Intercept Brasil, Glenn Greenwald (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Em audiência na Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, o jornalista Glenn Greenwald, editor fundador do The Intercept Brasil, criticou os senadores do PSL que o atacam virtualmente não estiveram presentes durante o discurso inicial do convidado da CCJ. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo “É muito fácil acusar alguém se escondendo atrás de um computador”, disse o jornalista. “Eu gostaria muito de discutir frente-a-frente essas acusações falsas que eles estão espalhando quando não estou presente e essa é uma oportunidade para discutir essas acusações na minha...

Em audiência na Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, o jornalista Glenn Greenwald, editor fundador do The Intercept Brasil, criticou os senadores do PSL que o atacam virtualmente não estiveram presentes durante o discurso inicial do convidado da CCJ.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“É muito fácil acusar alguém se escondendo atrás de um computador”, disse o jornalista. “Eu gostaria muito de discutir frente-a-frente essas acusações falsas que eles estão espalhando quando não estou presente e essa é uma oportunidade para discutir essas acusações na minha cara para examinar se elas são falsas ou verdadeiras, mas infelizmente eles não estão aqui para fazer isso”, completou.

A estratégia da base governista é de esvaziar a audiência com Glenn, enquanto desfere ataques pelas redes sociais.

Glenn Greenwald e seu marido, o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), tem sido alvo de inúmeras notícias falsas propagadas pelos parlamentares do PSL e lançadas por uma conta fake chamada “Pavão Misterioso”. Há suspeitas de que ela seria comandada por Carlos Bolsonaro, o filho “influencer” do presidente, para deslegitimar o Intercept.

O site E-boatos, especializado em desmentir notícias falsas que circulam na internet, publicou uma matéria desmontando a farsa levantada pelo Pavão, com erros grosseiros nas “denúncias” fakes.

Veja também:  Ameaçado de morte por milícia, professor renuncia à direção do CIEP 210 no RJ

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum